segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

ROBERTO. CHEGA DE SE ENGANAR.


A juíza eleitoral da 13ª Zona do Maranhão, Daniela de Jesus Bonfim Ferreira encerrou a série de boatos nas redes sociais e expediu edital comunicando que no próximo dia 15 de dezembro será realizada a Cerimônia de Diplomação dos Eleitos aos cargos de prefeito e de vereador, assim como ao de vice-prefeito e 1º suplentes nos municípios de Bacabal e Conceição do Lago Açu.

O evento acontece a partir das 15 horas no Salão do Júri do Fórum de Justiça de Bacabal, localizado na rua Manoel Alves de Abreu, Centro.

O edital faz referências a diplomação do prefeito e vice-prefeito eleitos de Lago Açu, mas não de Bacabal, uma vez que o candidatos que obteve a maioria dos votos válidos na eleição do último dia 02 de outubro, Roberto Costa, foi o segundo colocado, pois o vencedor, no caso, Zé Vieira, continua como ficha suja.

Como dissemos desde o dia da eleição, se Zé Vieira não provar que é ficha limpa (o que é difícil) teremos novas eleições, mas o certo é que o segundo colocado não pode assumir, porque não tem legitimidade popular.

domingo, 4 de dezembro de 2016

Reconhecimento não tem dia, nem lugar.

Por razões que os mais próximos conhecem, resolvi deixar para hoje os devidos parabéns ao jornalista e amigo Abel Carvalho que ontem (03) completou mais um ano de seus 58 de vida bem vivida.


Poeta de vocação, averso a homenagens, ele nos presenteia com mais uma de suas obras.

"Eu, 58.

Ninguém cantou seu Eu tão bem quanto Augusto
dos Anjos:
“Ah! Dentro de toda a alma existe a prova
de que a dor como um dartro se renova,
quando o prazer barbaramente a ataca...”

Vandré chorou para não ter na chegada que morrer
ou de amor matar...

Djvan sentiu a dor do amor ausente.

Zé contou que eu canto os meus ais.

Rogério crê que eu faço poemas autobiográficos,
que as dores que eu canto são minhas...

As dores que eu canto nascem em alheias entranhas,
Mas vivem como minhas.

Na verdade sou vetor de sofrimentos, cinco ou seis,

e Isso me encanta, eu sei.

Mas, se fosse produtor da minha própria biografia,
eu afirmaria: nasci dez anos depois do que eu queria
e já vivi trinta anos há mais do que eu sonhei..."

Abel Carvalho
03 12 16

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

1 milhão de advogados. Será o fim do respeito à carreira?


Em recente notícia, a Ordem dos Advogados do Brasil apontou uma marca histórica: o Brasil atingiu o número de 1 milhão de inscritos nos quadros do exame da ordem.

É provável que nem todos os inscritos exerçam a atividade da advocacia, mas o número impressiona. Há 1 advogado para cada 206 brasileiros. 

Não só parece muito, é muito advogado e pouca justiça. 

O número de bacharéis em Direito é, certamente, muito superior a isso: o número de servidores públicos, membros do Poder Judiciário e do Ministério Público, além daqueles que não estão inscritos na OAB (não aprovados, não exercentes do ramo jurídico, etc.) é capaz de, facilmente, triplicar o número indicado. 

O excesso de profissionais em determinada área cria uma diaputa desleal e um desequilíbrio quanto à necessidade. O mercado satura. O resultado é a mercantilização, a busca por promoções e com remunerações cada vez mais baixas.

Cada vez mais ouvem-se casos de advogados cobrando R$ 20,00 para realização de audiências, o que gera indignação, mas é decorrência lógica dessa enxurrada de profissionais na área.

Uma coisa é evidente: para bons profissionais sempre haverá espaço. Ainda há quem consiga descobrir bons nichos de mercado, especializando-se, aprimorando e aprofundando sua preparação.

Contudo, é fundamental orientar e direcionar aqueles que vão se inserir no ensino superior, para que busquem um curso pela sua aptidão e que as faculdades voltem a avaliar seus conteúdos buscando a excelência dos profissionais.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

BATE BOCA NO SUPREMO.

Os ministros Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes trocaram farpas durante a sessão desta quarta-feira (16) no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF).
Lewandowski questionou um pedido de vista de Mendes, mesmo após ele já ter votado em relação a uma ação. Em geral, os ministros pedem vista quando querem mais tempo para analisar um caso antes de votar, interrompendo o julgamento e adiando a decisão final para uma data indefinida.
“O ministro Gilmar Mendes já não havia votado? Eu tenho impressão que acompanhou a divergência. ... e pediu vista? Data vênia, um pouco inusitado”, observou Lewandowski.
“Enquanto eu estiver aqui eu posso fazê-lo [...]. Vossa excelência fez coisa mais heterodoxa...”, rebateu Mendes.
“Eu, graças a Deus, não sigo o exemplo de vossa excelência em matéria de heterodoxia. Graças a Deus, e faço disso ponto de honra”, treplicou Lewandowski.
“Basta ver o que vossa excelência fez no Senado”, respondeu Gilmar Mendes a Lewandowski, em referência indireta à decisão de Lewandowski no processo de impeachment que permitiu à ex-presidente Dilma Rousseff voltar a exercer funções públicas, apesar da condenação.
“No Senado? Basta ver o que vossa excelência faz diariamente nos jornais...”, disse Lewandowski.
“Faço isso inclusive para poder reparar os absurdos que vossa excelência faz”, rebateu Mendes.
"Absurdos não, vossa excelência retire o que disse. Vossa excelência está faltando com o decoro não é de hoje. Eu repilo qualquer... Vossa excelência por favor me esqueça!”, rebateu Lewandowski.
“Não retiro”, disse Mendes.

sábado, 12 de novembro de 2016

Gasolina vai cair de preço uma vez por mês.

A Petrobras prevê a revisão dos preços cobrados nas refinarias pelo menos uma vez por mês.
O objetivo é fazer com que a Petrobras possa implementar uma política de preços competitivos que reflita os movimentos do mercado internacional de petróleo em períodos mais curtos.
Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de petróleo, especialmente distribuidoras e postos de combustíveis.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Já faz tempo que não falo de futebol.

Concordo que o meu Flamengo está decepcionando na luta pelo título da série A, mas certamente a decepção maior é para os meus amigos Waltersar Carneiro e Alacid Viana com a atuação do Vasco na série B.

Com atuação abaixo da crítica o Vasco já perdeu a segunda posição e está a dois pontos de sair do G-4.
Não acredito nisso, pois a sorte parece ajudar a aliviar os corações cruzmaltinos, pois das três partidas que restam: o Bragantino está prestes a entregar os pontos; o Criciúma já não tem qualquer objetivo na competição; e o Ceará, até a última rodada, também deve estar mais preocupado com as férias. 

A questão aqui é saber se adianta ter confrontos menos complicados.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

A vitória do consumidor.

Em outubro, a Petrobras havia reduzido o preço da gasolina e do diesel, na primeira queda desde 2009. No entanto, a redução não foi passada pelos postos aos consumidores.
Nesta terça-feira (8) a Petrobras anunciou uma nova redução dos preços da gasolina e do diesel nas refinarias. A queda do preço do diesel será de 10,4% do e da gasolina, de 3,1%.
Não sei se os empresários irão repassar essa redução, mas o fato é que nada melhor do que a concorrência para fazer o preço cair. Em Bacabal a inauguração do antigo posto Iguat fez os preços caírem de R$ 3,79 para R$ 3,45. 

Bastou a primeira promoção para o posto Primavera também reduzir seus preços e agora é só o consumidor aproveitar. Se a redução desta terça for integralmente repassado nas bombas ao consumidor final, o preço pode cair ainda mais. O preco do diesel pode cair 6,6%, ou cerca de R$ 0,20 por litro. Já o efeito sobre os preços da gasolina seria de queda de 1,3% ou R$ 0,05 por litro.

terça-feira, 8 de novembro de 2016

OAB EM AÇÃO.

Advogados criminalistas em atendimento aos detentos do Complexo Penitenciário de São Luís, contam agora com uma infraestrutura adequada para desempenhar seus trabalhos. 

Foi entregue pela administração da penitenciária, a Sala do Advogado à Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão. 

Mais do que uma comodidade para o profissional em advocacia, a estrutura era uma necessidade antiga. A sala servirá de base aos advogados com serviços essenciais ao dia a dia do profissional.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

A verdade começa a aparecer. Roberto Costa perdeu o interesse por Bacabal e aliados reclamam do desprezo.


Do blog do Louremar Fernandes.
Se for verdade que a orelha esquenta quando alguém está falando mal da pessoa, as orelhas do deputado estadual Roberto Costa devem estar em chamas há dias.

Desde que perdeu a eleição para o candidato impugnado Zé Vieira Lins, Roberto Costa não deu mais as caras em Bacabal, cidade que adotou para executar o plano de ser prefeito.

RC era presença certa em qualquer velório de de cujus que ele nunca tinha visto, aniversário de gente ou de boneca que fosse realizado em Bacabal. Isso antes da eleição. Passado o período eleitoral e a fase do "oba-oba" o que se ouve dos aliados são as lamúrias dando conta de que nem o telefone o parlamentar atende mais.

A desculpa de que estaria brigando na Justiça para assumir o mandato não tem colado, isso é papel para advogados. Parece que o sumiço, até mesmo do cenário estadual tem a ver com os comentários em torno da nova eleição em Bacabal e da possibilidade do grupo de João Alberto apresentar um novo candidato.

Mas isso é uma história para contarmos depois

domingo, 6 de novembro de 2016



A vida pessoal deveria pertencer às pessoas, mas no caso de artista ou personalidade pública essa linha é sempre muito tênue. Na última quinta feira  (03) o divórcio de Zezé de Carmargo causou polêmica mais uma vez.

Zilu Camargo saiu em defesa do ex-marido, Zezé di Camargo, que discutiu com alguns seguidores que questionaram o fato da socialite ainda usar o sobrenome dele. 

No Instagram, Zilu se disse indignada com a notícia. 

"Fiquei indignada com a repercussão de mais uma notícia envolvendo a minha separação. Dizer o quanto foi difícil me separar de um homem digno, honesto e batalhador como você é até redundante. Mas não somos os primeiros nem seremos os últimos ou únicos a oficializar o fim de uma relação”, escreveu ela. 

Agora fico me perguntando qual o interesse de qual um de nós do público se alguém usa ou deixa de usar o nome do ex - marido. Vamos nos preocupar com os nossos animais soltos nas ruas, com as delegacias sem estrutura para lavrar um simples boletim de ocorrência, com o consumo desenfreado de crack e cocaina em nossas cidades.

sábado, 5 de novembro de 2016

Mensagem aos bons amigos.


Foram 25 anos. 25 anos de uma rotina dura em que tinham que acordar quando preferiam dormir mais meia hora; de uma  pressa no almoço, quando preferiam conversar frivolidades e espairecer; de um sono atormentado pelas obrigações do dia e pela ansiedade de tudo se repetir amanhã.

Foram 25 anos duros, mas quem disse que esse quadro é escuro? Foram 25 anos de luz transformando rotina em rota de sucesso e os poucos momentos de tranquilidade eram partilhado com os dois filhos, família e amigos, eternizando a felicidade em poucos horas de confraternização.

Serão mais 25 anos e mais 25 se Deus assim permitir. As bodas são de prata, mas esse casal é de ouro.

Felicidades Jailson e Meire. 

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

FIM DA IMPUNIDADE, MAS NÃO DE PRIVILÉGIOS.


Em março, o juiz Sergio Moro, que conduz a Lava Jato na Justiça Federal, condenou Marcelo Odebrecht a 19 anos e quatro meses de prisão por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa. Entre os benefícios de fechar uma colaboração com a Justiça estaria, inclusive, a redução dessa pena.

Os advogados da empreiteira Odebrecht e o Ministério Público Federal fecharam um acordo para que o herdeiro da construtora, Marcelo Odebrecht, permaneça preso em regime fechado até dezembro de 2017.

Segundo a  apurou o jornal Folha, na negociação de delação premiada, os procuradores envolvidos na Operação Lava Jato e os representantes do empreiteiro acertaram que a pena total será de dez anos, sendo dois anos e meio em regime fechado.

Marcelo está preso desde junho do ano passado no Paraná sob suspeita de envolvimento no esquema de desvios da Petrobras. Esse período de um ano e quatro meses será descontado da pena total, de acordo com pessoas ligadas às negociações.

A partir de dezembro de 2017, portanto, o empresário entraria em progressão de regime, cumprindo pena no semiaberto e aberto, inclusive o domiciliar.

A pergunta é: que colaboração foi tão importante assim para reduzir quase quinze anos de prisão ?

Já conheci muitos casos de réus confessos que entregaram traficantes e só o que conseguiram foi confirmar sua autoria, enquanto o traficante continuava solto, mas nos casos, os réus eram pobres e não dono de empreiteira.

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

PETICIONAMENTO ELETRÔNICO EM VITORINO FREIRE.

Os advogados que atuam na comarca de Vitorino Freire já podem contar com o sistema de Processo Judicial Eletrônico (PJe) para realização de atos processuais, gestão e tramitação de processos judiciais e administrativos, ajuizamento de ações e outros peticionamentos diretamente pela internet sem a necessidade de deslocamentos.

A OAB/MA, que em Bacabal é conduzida brilhantemente pela advogada Marlucia Viana, já realizou no ano de 2016 vários cursos de qualificação e treinamento em sistema PJe. A ação tem por objetivo a certificação de mais de mil advogados para a utilização do Sistema PJe. 

Atualmente, 32% da distribuição de processos na Justiça maranhense ocorre por meio eletrônico. O PJe processa todas as informações, atos processuais, gestão e tramitação de processos judiciais e administrativos, permitindo o ajuizamento de ações e outros peticionamentos diretamente pela internet, 24 horas por dia, sem necessidade de deslocamentos. O sistema garante segurança, autenticidade e integridade dos documentos, através da certificação digital, eliminando o uso do papel e etapas burocráticas como carimbos e juntadas de petições, e contribuindo para a economia de recursos e preservação do meio ambiente. A medida não inclui a desmaterialização dos processos que, atualmente, tramitam em suporte físico.

quarta-feira, 2 de novembro de 2016

A morte não é nada.


VALEU O BOI.


Meu amigo Jaquito e outros vaqueiros nordestinos podem ficar mais tranquilos pois o plenário do Senado aprovou ontem (1º) o projeto de lei que torna a vaquejada patrimônio cultural imaterial e manifestação da cultura nacional. 

A proposta é uma tentativa de reverter a absurda decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar a prática inconstitucional, por estar ligada a maus-tratos de animais.

O PLC transforma as práticas de montarias, provas de laço, apartação, bulldog, provas de rédeas, provas dos Três Tambores, Team Penning e Work Penning, paleteadas e outras provas típicas, como Queima do Alho e concurso do berrante, em expressões artístico culturais e as eleva à condição de manifestações da cultura nacional e de patrimônio cultural imaterial.

Isso realmente é um avanço, mas qualquer nordestino sabe que a vaquejada já é esporte consagrado, com circuitos organizados, com grande movimentação financeira, geração de empregos diretos e indiretos, além da manifestação cultural. 

terça-feira, 1 de novembro de 2016

NOVEMBRO AZUL. PRA CABRA MACHO.

A partir de hoje (1º), a campanha Novembro Azul passa a ser um movimento permanente e que contempla a saúde integral do homem. A proposta do Instituto Lado a Lado pela Vida, que coordena a ação, é mobilizar a população masculina e seus responsáveis diretos, no caso de crianças e adolescentes, para conhecerem mais sobre sua saúde, em diferentes fases da vida.


Monumentos serão iluminados para lembrar os homens de cuidar de sua saúde neste Novembro AzulImagem de Arquivo/Agência Brasil

Na página da campanha, o instituto disponibilizou uma lista das doenças que mais afetam a saúde masculina, seja na infância, na adolescência, na fase adulta e na terceira idade. Ao clicar em cada uma delas, é possível encontrar informações sobre diagnóstico, fatores de risco, prevenção, sintomas e tratamento. 

Na infância, as doenças citadas incluem fimose, infecção urinária e prostatite (inflamação da próstata). Já entre adolescentes, a lista destaca arritmia cardíaca, doenças sexualmente transmissíveis e ejaculação precoce. Na fase adulta, aparecem doenças como cálculo urinário e diversos tipos de câncer. Por fim, na terceira idade, integram a lista diabetes, disfunção erétil e hipertensão arterial.

“Por meio da informação, junte-se a nós na conscientização dos cuidados com a saúde e mudança de hábitos, da importância do diagnóstico precoce e adesão ao tratamento”, propõe o Instituto Lado a Lado pela Vida.

Sobre o Novembro Azul
Criada em 2011, a campanha, originalmente, visa orientar a população masculina sobre o câncer de próstata. A doença figura como o segundo tipo de câncer mais comum entre homens, com mais de 13 mil mortes anuais – uma a cada 40 minutos. Mais de 61 mil novos casos devem ser registrados no país em 2016, segundo o Instituto Nacional do Câncer.

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

"TEREMOS UMA NOVA ELEIÇÃO.", disse Gilmar Mendes.

Depois de vinte anos de profissão a gente passa a entender melhor as mudanças da legislação e a interpretar melhor suas consequências.

Bacabal tem criado uma discussão desnecessária sobre quem será o novo prefeito e alguns ainda insistem em tratar Roberto Costa como prefeito eleito.

Desde o dia 03 de outubro de 2016 que venho afirmando que, se Zé Vieira não reverter a situação jurídica, Bacabal VAI TER NOVA ELEIÇÃO.

Porém, para os incrédulos, que acham que santo de casa não faz milagre, fiquem com a fala do Ministro Gilmar Mendes (presidente do TSE) em entrevista dada no dia 30 de outubro de 2016:

"Esse é um problema do modelo eleitoral adotado, que encurtou o prazo de campanha e de registro. Este debate está se travando no Congresso Nacional para novas eleições [no sentido de se ter] uma fase de pré-registro mais alongada, para que os processos possam ser julgados antes das eleições, depois temos as consequências que vocês conhecem, se chegarmos a um quadro de anulação da eleição, neste caso, NO NOVO MODELO, TEREMOS UMA NOVA ELEIÇÃO.", disse Mendes.



DIA DAS BRUXAS. EXPLORANDO O LÚDICO.


A autora e ilustradora Eva Furnari é um dos grandes nomes da literatura infantil brasileira, nasceu em Roma, Itália, em 1948, e veio para o Brasil aos dois anos de idade.

Com uma admirável capacidade de encantar pequenos e grandes leitores, Eva consegue criar a magia entre a história e a ilustração, o fascínio que prende a atenção e a emoção que enche corações. Essa magia (ou seria feitiço?) podem ser encontrados em livros da autora, sendo muitos deles com bruxinhas. Em comemoração ao Dia das Bruxas, vale conhecer algumas dessas obras.

Uma das mais famosas personagens de Eva, a Bruxinha Zuzu, oferece uma incrível experiência para aqueles que estão começando a dar seus primeiros passos no mundo da leitura. Os livros dessa simpática bruxinha são compostos por tirinhas onde coisas divertidas e engraçadas acontecem. Junto de sua varinha e também do gatinho Miú, a Bruxinha Zuzu leva aos leitores uma maneira muito diferente de ler um livro: imaginando os diálogos. Com a ausência de falas ou mesmo de uma história escrita, os livros Bruxinha Zuzu e Bruxinha Zuzu e gato Miú (Editora Moderna) oferecem contato com um tipo diferente de linguagem que diverte e estimula a imaginação.

Eva também criou a Bruxa Zelda, que adora criar confusão. Com o Professor Bóris e seu assistente, Nicolino, os três vivem aventuras para lá de atrapalhadas lá na cidadezinha que moram chamada Piririca da Serra. Sempre atrás dos mais diversos feitiços e poções mágicas, a Bruxa Zelda conta com tudo aquilo que uma boa bruxa tem: caldeirão, vassoura voadora, ingredientes secretos, chapéu pontudo e muitas outras coisas. As aventuras dessa turma podem ser encontradas nos livros A Bruxa Zelda e os 80 docinhos e O feitiço do sapo (Editora Moderna).

Fonte: jornal O Estado.

domingo, 30 de outubro de 2016

Hoje é dia de eleição.


HUMOR.


O marido e a mulher não se falavam há uns três dias por uma discussão boba. Entretanto, o  homem se lembrou que no dia seguinte teria uma reunião muito cedo🕥 no escritório. 

Como precisava levantar cedo, resolveu pedir à mulher para acordá-lo, mas para não dar o braço a torcer e teregião que falar com ela, resolveu escrever num papel:

-Me acorde às 6h horas da manhã.🌞

No outro dia, ele levantou e quando olhou no relógio eram 9h30. O homem teve um ataque de fúria e pensou:

-Que meeeerdaaa!  Mas que absurdo!  Que falta de consideração, ela não me acordou...

Nisto, olhou para a mesa de cabeceira e reparou um papel no qual estava escrito:

-...São seis horas, levanta!!!

Moral da História: Não fique sem conversar com as mulheres, elas ganham sempre, estão certas sempre e são simplesmente geniais na vingança!!!!!!

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

TSE MARCOU DATA PARA NOVAS ELEIÇÕES.

O processo de Zé Vieira ainda não subiu para o Tribunal Superior Eleitoral, pois ainda depende do julgamento de um Embargo de declaração do TRE. Se Vieira ganhar vai assumir, o que é pouco provável. Se perder, como é esperado, teremos novas eleições.
 
O TSE estabeleceu as datas para a realização de eventuais eleições suplementares em 2017. De acordo com a Portaria TSE nº 1078, de 20 de outubro de 2016, as eleições poderão ser realizadas nos seguintes dias: 15 de janeiro, 5 de fevereiro, 12 de março, 2 de abril, 7 de maio, 4 de junho, 2 de julho, 6 de agosto, 3 de setembro, 1º de outubro, 12 de novembro e 3 de dezembro.
 
A previsão de eleições suplementares está disposta no artigo 224 do Código Eleitoral, que sofreu algumas mudanças com a Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165). O parágrafo 3º desse artigo prevê a realização de novas eleições sempre que houver, independentemente do número de votos anulados e após o trânsito em julgado, “decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário”.
 
As instruções para a realização dessas eleições são estabelecidas por meio de Resolução específica, aprovada por cada Tribunal Regional Eleitoral.

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Bacabal pegando fogo.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Metereologia (Inmet), Bacabal apareceu em 2º lugar no ranking que mediu o clima nas cidades brasileiras nesta terça-feira (25).

Enquanto a política não esfria os ânimos, a população sofre com  a temperatura. O sol está queimando a pele de nossos conterrâneos.

Haja manga comprida e filtro solar.

sexta-feira, 21 de outubro de 2016

Ministro da Justiça que soltar preso.


Efetivamente perdemos o controle do Estado para o crime organizado. Todos os dias, de norte a sul do país, lemos ou assistimos notícias sobre rebeliões em presídios ou atos de terrorismos urbanos ordenados pelos grupos criminosos.

A revista Época publicou a íntegra de um comunicado da cúpula do Primeiro Comando da Capital (PCC), de São Paulo, que mostra que a morte do pai de um dos integrantes da facção motivou a guerra que ocorre nos presídios em vários estados brasileiros. Na carta, os criminosos declararam guerra à organização Comando Vermelho, do Rio de Janeiro, antes aliada.

De acordo com a reportagem, o "salve" foi escrito à mão e provavelmente foi transportada por algum advogado ou visitante e foi transmitido por telefone às unidades prisionais que não possuem bloqueador de celular. Nos últimos dias, o resultado pode ser visto em Roraima, Rondônia e Ceará, com 19 pessoas assassinadas por integrantes da facção paulista.

O pior de tudo é que o Ministro da Justiça parece o cego que não quer vê. Alexandre de Moraes, quer ressuscitar o programa de mutirões carcerários do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Segundo Moraes, os mutirões poderão atuar na “porta de saída” dos presídios, fazendo com que haja uma diminuição de encarcerados provisoriamente, sem qualquer sentença condenatória, que hoje correspondem a 40% da população prisional.

Acorda ministro. O problema não é soltar preso, mas sim separar presos para desarticular o crime organizado. Precisamos pensar na municipalização da segurança pública.

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Prestação de faz de conta.


De acordo com o TCU, a quantidade de doações suspeitas chega a quase 260.000.

O Tribunal de Contas da União (TCU) entregou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o sexto relatório das eleições municipais deste ano e constatou que quase metade do montante arrecadado por candidatos e partidos tem possíveis irregularidades. Dos 2,227 bilhões de reais embolsados por todas as campanhas, 1,41 bilhão de reais são suspeitos. A quantidade de casos suspeitos chega a 259.968.

Nesse último relatório, o TCU encontrou um beneficiário do Bolsa Família que doou 75 milhões de reais. Houve também o caso de uma empresa de produções cujo sócio é beneficiário do Bolsa Família que prestou serviço no valor de 3,57 milhões de reais. Além disso, o número de doadores falecidos subiu para 290.

Os indícios de irregularidades serão disponibilizados aos juízes eleitorais para apuração com prioridade, em até cinco dias a partir do conhecimento do caso.

Agora vai acreditar que algo vai ser apurado por juiz no interior. Eles não dão conta nem do poder de polícia nas eleições, quiçá de prestação de (faz de) conta.

Com informações da Revista Veja.

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Precisa conhecimento para julgar. Não basta ser juiz.

 |Da agência  O GLOBO

A MINISTRA DO STF CARMEM LÚCIA ROCHA (FOTO: FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL)
Se você acha que só tem juiz ruim no interior do Maranhão, saiba que em reunião com os presidentes dos Tribunais de Justiça dos estados, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, demonstrou preocupação com o nível do concurso que seleciona profissionais interessados em ingressar no magistrado de primeira instância. 

A ministra falou da necessidade de se aprimorar essa seleção e citou como uma saída que seja instituída uma primeira fase de seleção em nível nacional, que não seja restrito só aos estados. 

A presidente é quem levou o assunto para debate no encontro.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Zé Vieira indeferido. E agora ?


A pergunta não é se vai ter outra eleição ou não. A pergunta deveria ser o que fazer com outra eleição?

Tornar o pleito eleitoral mais “moralizado”, ou seja, realizar o ideal do valor de dignidade e probidade, tudo que o art. 14 da CF, entre outros tantos artigos prescrevem, é uma obrigação do cidadão. 

Dar posse a um candidato que perdeu a eleição é contra a democracia, mas defender a posse de um candidato ficha suja é imoral e ilegal.

O TRE do Maranhão moralizou e indeferiu a candidatura de Zé Vieira por 6 X 0 e agora a única maneira de democratizar o pleito moralmente é influir na educação dos nossos eleitores. 

Nós temos de escolher os melhores, e, tal qual a escolha de uma fruta, temos também de saber escolher, para não levarmos a fruta verde demais ou podre por dentro.

Bacabal sofre por que não se decidiu.

Roberto Costa parece ser a fruta verde (não entende a vontade do povo bacabalense e por isso não está pronto para representa-lo). 

E Zé Vieira parece a fruta podre (não como homem, posto que é pessoa séria e merecedora de todo respeito, mas como político, já que não consegue aprovação judicial).

sábado, 15 de outubro de 2016


SOMOS TODOS INCOMPETENTES.


Já são 15 escolas atacadas em São Luís. O cidadão já não tem mais segurança nem em levar seus filhos para escola. 

Os bandidos e suas facções agem na capital e no interior do estado e nossos políticos continuam agindo como se isso fosse parte do nosso dia a dia. 

Eu me recuso a aceitar que violência, drogas,  bandidos ateando fogo em escola e pichando o nome da facção para confirmar  a autoria, seja o mundo normal.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) se limita a dizer que unidades operacionais da Polícia Militar do Maranhão estão trabalhando para evitar novos casos.

É mentira. 

Não temos mais capacidade para evitar o caos porque nossos políticos estão vendidos aos agiotas. Dos governadores  aos vereadores, não temos mais representantes livres. Casa secretário estadual ou municipal virou refém dos compromissos com seus fornecedores.

É mentira que nós eleitores estejamos buscando os melhores. Também somos corruptos  e buscamos aqueles que pagam mais, sejam pelo preço do voto ou pelo emprego fácil sem concurso.

Não, não  tenho uma fórmula mágica, mas aprender a votar em gente séria é um bom caminho.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Eduardo Braide pode ganhar a Eleição em São Luís.

pesquisa Escutec/O Estado divulga ontem e que já aponta uma virada do candidato do PMN, deputado estadual Eduardo Braide, sobre o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT), candidato à reeleição pela coligação “Pra seguir em frente”, levantou também de onde viram os votos dos dois postulantes ainda na disputa pelo cargo de prefeito de São Luís.
Antes de perguntar em quem os entrevistados votariam no 2º turno, o instituto procurou saber em quem eles votaram no dia 2 de outubro.
O resultado mostra que, mesmo sem oficialmente receber apoio dos outros três principais concorrentes na disputa – Wellington do Curso (PP), da coligação “Por amor a São Luís”; Elliziane Gama (PPS), da coligação “São Luís de verdade”; e Fábio Câmara (PMDB), da coligação “Coragem para fazer” -, o deputado Eduardo Braide tem sido o destinatário natural dos votos votos dados antes a esses candidatos.
Os dados específicos apontam que o eleitor que mais se identifica com o atual líder da corrida eleitoral é o do também deputado estadual Wellington do Curso. Segundo o Escutec, 78,79% dos eleitores do pepista declaram votar, agora, em Braide. O prefeito é o preferido para 5,05% desses eleitores.
De Eliziane Gama, o candidato do PMN fica com 60% dos eleitores e com 60,61% dos que votaram em Fábio Câmara – o atual prefeito recebe, respectivamente, 14,55% e 6,06% dos votos desses eleitores.
Já oficialmente na base de apoio a Braide, a vereadora Rose Sales (PMB) dá ao novo aliado 63,64% dos seus votos – e 27,27% a Edivaldo.

quarta-feira, 12 de outubro de 2016


Abertas inscrições mestrado na Ufma

Estarão abertas até 31 de outubro as inscrições para a primeira turma do Mestrado Profissional em Filosofia. Poderão ser feitas pela internet, mediante o preenchimento do formulário disponível no sitehttp://www.prppg.ufpr.br:8081/siga/visitante/processoseletivo/index.jsp?sequencial=247
A taxa é de R$ 60, que devem ser pagos por meio da Guia de Recolhimento da União (GRU).https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru_novosite/gru_simples.asp
Será oferecido em rede, em 16 núcleos de várias universidades federais, sendo Universidade Federal do Paraná (UFPR) o núcleo central.
É presencial, na modalidade mestrado profissional, com área de concentração em Ensino de Filosofia e previsão de duração média de dois anos.
As vagas são destinadas a professores da Educação Básica que lecionam a disciplina de Filosofia e que estejam em exercício em sala de aula.
São 184 vagas distribuídas nos 16 núcleos.
Mais informações e edital no endereço

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Tem preso saindo pelo ladrão.

Perdoem o trocadilho, mas 431 presos vão sair para o dia das crianças e eu não me conformo com essa agressão à população. 

Tem direito à saída temporária o preso que cumpre pena em regime semi-aberto, que até a data da saída tenha cumprido um sexto da pena total se for primário, ou um quarto se for reincidente. 

Tem que ter boa conduta carcerária, pois o juiz, antes de conceder a saída temporária, consulta os Diretores do Presídio.

Minha dúvida  é se dentro da penitenciária de Pedrinhas tem alguém que esteja livre da coação das facções que ordenam queima de escolas e ônibus em São Luís. 

Pelo sim, pelo não vou ficando preso em casa no interior, que de tranquilo não tem nada, mas ainda é mais seguro. Na quinta estarei de volta na capital.

segunda-feira, 10 de outubro de 2016

DEU NO ...



A VIA CRUCIS DE ZÉ VIEIRA - CAPITULO EXTRA


Cesar Brito, Serafim Reis, Coronel Egidio, Manoel da Concórdia - Qual deles será prewfeito por 40 dias
”Se você tem algum conhecimento acima de outras pessoas, você sofre críticas e agressões, o que vale é a subserviência e isso eu não aceito. Eles querem o poste mijando no cachorro“
Dr. Bento Vieira

Bacabal , nesse momento de indecisão política,nessa bagunça generalizada , nessa confusão arquitetada, continua sendo o alvo das atenções. Há quem cometa o pecado de dizer que a cidade tem dois prefeitos, na verdade, tem só um, o Zé Alberto Veloso.
A eleição de 02 de outubro, diplomou dois derrotados, um pela vontade popular e o outro pelas barras da justiça. Essa situação anunciada, cantada e decantada, escrita, falada, alcançou seu grande objetivo, dar maioria de votos para um inelegível, no caso, Zé Vieira, e assim provocar uma nova eleição majoritária. Realmente, o Zé Vieira era o único que podia derrotar o candidato do senador João Alberto, o deputado Roberto Costa, e derrotou com uma boa margem de votos. Mas será se derrotou ou apenas adiou a vitória do Carcará?

Até agora o consórcio,antes liderado por Carlinhos Florêncio, depois por Fabão e agora pelo atual prefeito Zé Alberto e pelo guru Gilberto Lacerda, não conseguiu nenhum triunfo na justiça, apesar de manterem a peso de ouro, o advogado mais caro do Brasil, o Dr. Marcos Vinicius, que até agora só conseguiu adiar o julgamento do processo que irá definir o destino de Bacabal nos próximos quatro anos.

Zé Vieira aguarda julgamento
Para não se mostrarem derrotados e deixar a impressão de vitoriosos, tanto Zé Vieira como Roberto Costa fizeram uma passeata. Pra comemorar o que? Talvez para brincar com o sentimento do povo, o maior derrotado.

“Conclui-se, primeiro: divulgação não é proclamação; segundo: quem divulga é o TSE mas quem proclama é o Juiz da 13a Zona Eleitoral.Nesse caso o juiz NÃO proclamou e não vai proclamar Roberto Costa como eleito, por que ele não foi o mais votado. E se Zé Vieira NÃO ganhar na justiça, ensejará NOVA ELEIÇÃO.Explica o advogado e blogueiro Dr. Rogério Alves.
Enquanto o povão se preocupa em se dizer vencedor, tanto por um lado como por um outro, os bastidores fervilham e as candidaturas estão sendo articuladas e nessa provável nova eleição, deverão disputar apenas três candidatos, Roberto Costa, Graciete Trabulsi e Carlinhos ou  Florêncio Neto. Uma quarta candidatura está sendo articulada e pode entrar nessa briga.
A eleição de 2 de outubro mostrou que é preciso ter grupo, sozinho não se consegue. Apesar de ter o melhor discurso, de fazer uma campanha consistente, o Dr. Bento Vieira ficou apenas em sétimo lugar com apenas 425 votos. O Blog do Zé Lopes conversou com o Dr. Bento que não sairá mais candidato nessa nova eleição e se manterá neutro. “A históiria é curta e grossa. Até onde Zé Vieira chegar com o recurso, o TSE vai mante-lo como indeferido e haverá uma nova eleição. Não existe essa história de entrevista se dizendo prefeito. Por aí você vê o despreparo. Uma pessoa disputa uma eleição e não conhece as leis e nem tem uma assessoria jurídica para dizer pra ele que ele não é prefeito, corre o risco de quando voltar pras urnas ser rechaçado pela população”. Explica o Dr. Bento Vieira.

As candidaturas, Graciete, Giselle, Ilton, Alana, Bento Vieira e Garoto Orlando, tiveram pouco mais de 7.400 votos, o que não chega nem perto das votações de Zé Vieira e Roberto Costa.
,O Efeito Ceará mais uma vez foi sentido em Bacabal e o fenômeno Joãozinho do Algodãozinho, fol a grande sensação dessa eleição obtendo incríveis 1.398 votos,mais do que cinco candidatos a prefeito. Com uma candidatura franciscana, Joãozinho, com toda sua humildade, conseguiu a confiança das pessoas humildes, ao contrário de Nanal do Lava Jato que fez uma campanha midiática e acreditou que a classe média-alta lhe daria votos. Não chegou a 200. Quem vota em pobre é pobre.
Outra ingrata surpresa foi as baixa votação de Kelma Loiola, filha dos ex-prefeitos Dr. Coelho Dias e Raimunda Loiola, irmã da ex-vereadora Mônica Loiola e cunhada do vereador Pery. Kelma só obteve 425 votos. Outras surpresas foram os candidatos apoiados pelos Florêncios, o poeta Paulo Campos e a professora Margarida que amargaram mais uma derrota. Dos 17 vereadores apenas oito voltaram.
A teimosia, tanto de Dr. Lisboa quanto de Zé Vieira, está levando Bacabal para uma nova eleição. Se o Dr. Lisboa tivesse acordado com João Alberto para Graciete ser a vice de Roberto Costa, ganhariam a eleição e tava tudo resolvido. O mesmo aconteceria se Zé Vieira desistisse e apoiasse um outro candidato. Pelo menos tínhamos um prefeito de fato e de direito.
Enquanto o povo só quer saber se a justiça vai dar ganho de causa a Zé Vieira ou não, o sonho do empresário e agora vereador Cesar Brito, de ser prefeito de Bacabal, pode se tornar realidade. Sabedores de mais uma possível derrota nos tribunais, os vereadores já se articulam de olho na presidência da Câmara, pois, se realmente se confirmar uma nova eleição, o presidente assume em primeiro de Janeiro e marcará uma nova eleição para 20 ou 40 dias.
Um grupo de Bacabalenses que inclui o empresário Dr. Francisco Soares, Dr. Zé Carlos Reis, Dr. Eufrásio Filho, Dr. Abnadab Leda, Dr. Alberto Brito, dentre outros, já está se articulando para fazer um grande movimento e lançar um nome. As conversas estão a todo vapor e um nome que foi cogitado como vice, o do médico Dr. Roberto Bringel, filho da ex vereadora Maria José Bringel.
Essa disputa de bastidores requer muito jogo de cintura, dinheiro, influencia e promessas e por isso o vereador César Brito larga na frente. No seu lado, outro forte concorrente é o atual presidente da Casa, o vereador Manoel da Concórdia que foi o mais votado nessa eleição.
Já pelo lado do grupo do senador João Alberto, dois nomes estão na disputa, o do experiente Serafim, vereador de muitos mandatos e o novato Coronel Egídio, a pupila dos olhos do senador, Dentre esses quatro, um abrirá o 2017 como prefeito de Bacabal.
Toda essa confusão era prevista e mesmo que o Zé Vieira ganhe no TRE, o Ministério Público recorrerá para o TSE e lá quem diz é a Ministra Carmem Lúcia. Nessa nova eleição, o consórcio que agora tem o experiente Dr. Gilberto Lacerda e Zé Alberto Veloso como principaisl coordenadores, deverá lançar o deputado Carlinhos Florêncio e Florêncio Neto, como sempre quis o Carlinhos, ou Carlinhos Florêncio e Doralice Veloso  como quer o prefeito Zé Alberto.
Resta saber se os fiéis eleitores de Zé Vieira votarão nos candidatos do consórcio, se realmente voltarão as urnas. O certo é que enquanto isso, o povo fica sendo enganado, massacrado e sem saber o que lhe reserva nesse balburdiado presente, o mais incerto futuro. Êta Bacabal, profissão esperança.
Joãozinho Algodãozinho - A sernsação da politica bacxabalense

NOVO JUIZ NO TRE - MA.

O juiz titular da 3ª Vara Criminal de São Luís, José Gonçalo de Sousa Filho, foi eleito para compor a Corte do Tribunal Regional Eleito...