23 setembro 2022

MAIS SOBRE ARMAS E CACs.

 Li nas redes sociais e resolvi reproduzir. São boas perguntas e merecem uma reflexão.

Eu não consigo entender tanta gente "colecionando" armas. Fetiche isso? 

E os caçadores? Q animais eles caçam com elas? Por acaso temos safáris no Brasil?

E os atiradores? Será q a polícia precisa contratar essa gente p suprir os quadros?

Armas causam mortes.

19 setembro 2022

VOCÊ CONHECE UM CAC

Foto: Polícia Civil do Rio Grande do Sul

Mesmo que você não conheça a sigla CAC, certamente já ouviu falar nessa nova "modinha" da classe média brasileira. Estamos falando de Caçador, Atirador e Colecionador (CAC. 

Esse grupo tem facilidade para adquirir registro de armas e munições no Brasil. Daí é fácil imaginar que o número de armas e munição nas mãos dos CACs explodiu no Brasil nos últimos quatro anos. E de quem é a culpa ?

Tudo se deu em decorrência de uma série de decretos do presidente Jair Bolsonaro que ampliou os direitos da categoria. O número de integrantes da categoria cresceu de 117 mil em 2018 para mais de 673 mil até junho de 2022, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública. 

Por decreto, o presidente aumentou o limite de armas e munição a integrantes da categoria. Atualmente, atiradores podem ter até 60 armas e comprar 180 mil por ano; antes o limite máximo era de 16 armas e 40 mil cartuchos. Por isso, o arsenal nas mãos da categoria passou de 350 mil armas em 2018 para mais de 1 milhão.

É claro que aquela galera que posta  "arminha" nas redes sociais deve está exultante e comemorando aos gritos: yiiirra .

15 setembro 2022

A SAGA DO PISO DE ENFERMEIROS. FIQUEI RICO, FIQUEI POBRE 😟

Barroso acaba com a alegria de enfermeiros e suspende a lei que criou o piso da categoria

Em pleno domingo (04.09), um dia antes do pagamento, o ministro Luis Roberto Barroso suspendeu a lei que criou o piso salarial da enfermagem.

O piso seria pago pela primeira vez na segunda (5) e foi fixado em R$ 4.750, para os setores público e privado. O valor ainda serve de referência para o cálculo do mínimo salarial de técnicos de enfermagem (70%), auxiliares de enfermagem (50%) e parteiras (50%).

A decisão é um verdadeiro balde de água fria sobre a categoria. A lei havia sido lei aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

Não vou aqui discutir se existe ou não dinheiro para o pagamento do aumento, uma vez que o congresso nacional (que vota o orçamento) e o Presidente da República (que executa o orçamento) aprovaram o valor.

O meu questionamento aqui é porque o STF se envolveu nessa demanda. Onde está a questão constitucional para ser julgada ?

Barroso é relator uma ação apresentada pela Confederação Nacional de Saúde, Hospitais e Estabelecimentos de Serviços (CNSaúde), que defende que o piso é insustentável.

Não quero ensinar padre a rezar missa, nem Ministro do STF a julgar processo, mas não vi a União questionar, não vi os Estados e municípios (responsáveis pelas despesas de saúde) questionarem a lei. Daí me vem um Ministro (incompetente para julgar o caso)  atender a reclamação de uma entidade de classe patronal.

Minha Dindinha dizia: meu fie tu vai ver coisa.

13 setembro 2022

A AGONIA DO BEC E A INDIFERENÇA DE SEUS TORCEDORES.


Fonte: Futebol em Foco.


O Bacabal Esporte Clube, BEC ou Leão do Mearim, como também é conhecido é um tradicional clube maranhense, mas vive anos de agonia, atolado em dívidas e descredito de seus dirigentes. 

Li e reproduzo para vocês uma interessante matéria sobre o clube. 

Em seus tempos de glória, teve atletas como Andrade, Adílio do CR Flamengo e  conquistou  o título da principal divisão do Maranhense de 1996. Um clube que sempre teve destaque em competições regionais e nacionais, agora parece estar se acabando aos poucos. 

Muitas podem ser as causas desse desgaste: más administrações, gestões erradas, escândalos financeiros, a falta de interesse de gestores da cidade com o esporte local, todos esses são fatores que contribuíram para o sucateamento do clube. 


Em uma sequência de altos e baixos, após o acesso à primeira divisão do estadual em 2020, o clube se viu em um fracasso total nos anos seguintes. Até o momento, o BEC acumula apenas um ponto na série B do maranhense, sendo rebaixado para a série C em 2023.

A torcida, apaixonada pelo time, não deixou de prestar apoio. No entanto, até o estádio do time, que possuía uma das melhores estruturas do estado, hoje está em ruínas. Com o esporte, a cidade poderia ser mais conhecida, movimentando a economia do município, por exemplo. 

Alguns torcedores culpam o atual presidente pela má gestão e pedem mudanças em toda a diretoria.  Contudo, é importante uma mudança de mentalidade de todos dentro de Bacabal, no sentido de dar mais importância ao futebol da cidade, assim como a outras modalidades esportivas.

Os torcedores de uma forma geral querem essa mudança. Nas redes sociais, muitos falam com orgulho do clube do passado e esperam mudanças. "Vamos lutar por isso queremos nosso clube de volta", diz um torcedor fanático do clube. A luta precisa ser coletiva e urgente, para que o tradicional time volte a brilhar no cenário regional e brasileiro.

12 setembro 2022

TEM NOVOS MILIONÁRIOS NO MARANHÃO.

Três apostas do Maranhão acertam os 15 números da Lotofácil de Independência e faturam mais de R$ 2 milhões

As três apostas estão entre as 79 que acertaram todas as dezenas sorteadas no concurso 2.610 e irão dividir o prêmio de R$ 180 milhões. Cada aposta vai receber um total de R$ 2.248.149,10.

Das apostas feitas no Maranhão, uma foi um bolão com 27 cotas, na cidade de Estreito, no Sudoeste do Maranhão. A segunda também foi um bolão, com 17 cotas, realizado em São Luís. Já a terceira aposta vencedora foi simples, feita na cidade de Trizidela do Vale, a cerca de 280 quilômetros de São Luís.

DIREITO NO DIA A DIA.


O professor Erivelton Lago compartilhou esse episódio que serve como aula para advogado e informação sobre direito para os cidadãos. peço permissão para reproduzi-lo.

ACABOU O JÚRI.

Tempos atrás eu fazia um júri com o promotor de justiça Haroldo Paiva de Brito, em São Luís, MA. Durante a fala dele um jurado perguntou:

 Dr, se o réu é culpado, por que ele não está preso? 

O promotor me olhou e eu disse- o júri acabou de acabar. O juiz olhou para o promotor e perguntou: E agora? 

O promotor respondeu: acabou o júri. 

Então o juiz dissolveu o conselho de sentença justificando: uma vez sorteado, o jurado não pode se manifestar sobre o processo. Art 466, parágrafo 1º do CPP.


09 setembro 2022

É. EXISTE SIM UMA DITADURA DO JUDICIÁRIO.

 


Não importa qual a intensão, seja boa ou má, a interferência de um dos poderes em outro é um ataque direto a democracia. O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Edson Fachin determinou, na segunda-feira (5), restrições sobre o número de armas de munições e armas que podem ser obtidas por CACs (caçadores, atiradores e colecionadores), sob o argumento de aumento do risco de violência política na campanha eleitoral.

Ele também fixou uma tese de que a posse de armas só pode ser autorizada a pessoas que demonstrem "efetiva necessidade" do uso desses equipamentos.

Essa certamente não é uma questão a ser resolvida pelo judiciário, que deveria se declarar incompetente para tal julgamento. O uso de arma é decisão do legislativo, através de lei e a forma (quando, por quem e onde usar) é atribuição do executivo, mas nunca, nunca do judiciário.

Fachin atendeu aos pedidos, de forma liminar (provisória e urgente), em três ações, duas do PSB e uma do PT, contra trechos de decretos e portaria do governo Jair Bolsonaro (PL) que flexibilizavam essa possibilidade. Fica evidente que há uma clara interferência indevida do judiciária, e pior, a pedido de partidos de oposição.

É triste ver um ministro do STF com um argumento tão pífio. Fachin decidiu conceder as liminares, sob o argumento de se passou mais de um ano do início do julgamento e há essa necessidade "à luz dos recentes e lamentáveis episódios de violência política". A segurança pública não está melhor nem pior, para justificar uma medida liminar. Isso é arbitrariedade e precisa ser combatida.

08 setembro 2022

TRIO ELÉTRICO APRRENDIDO EM BACABAL.

Foto ilustrativa

O Ministério Público Eleitoral solicitou e a justiça eleitoral de Bacabal determinou a apreensão do trio elétrico da propaganda campanha de Jair Bolsonaro, por estar irregular.

“Esta Promotoria Eleitoral teve ciência de que hoje, dia 07 de setembro de 2022, neste momento, está sendo realizada uma carreata do candidato a Presidente Jair Bolsonaro nas ruas da cidade de Bacabal com a utilização de trio elétrico, o que é vedado pela legislação eleitoral, nos termos do artigo 39, § 10, da Lei nº 9.504/97 e/ou artigo 15, § 2º da Resolução TSE nº 23.610/2019, como fazem prova as imagens/vídeo em anexo.”

Os grupos de WhatsApp logo passaram a travar uma batalha entre a favor e contra a medida. Como sempre, uma série de falas desconexas e sempre exaltando ou xingando uns aos outros. Uns falavam de crime ambiental, outros de que passaram próximo ao fórum, alguns culparam a promotora, outros disseram que foi perseguição do PT,  mas todas as falas com pouco conteúdo e sem qualquer análise dos fatos. 

Vamos então aos fatos e à lei. Os apoiadores estavam desfilando com um trio elétrico pela cidade, fazendo propaganda eleitoral para Bolsonaro, com a desculpa de que estavam comemorando o bicentenário da República. 

A Lei nº 9.504/97  (Lei eleitoral) em seu artigo 39, § 10 e o artigo 15, § 2º da Resolução TSE nº 23.610/2019 proíbem o uso de trio elétrico na propaganda, permitindo apenas como sonorização de comício, portanto, fixo.

§ 10.  Fica vedada a utilização de trios elétricos em campanhas eleitorais, exceto para a sonorização de comícios.   (Incluído pela Lei nº 12.034, de 2009).

Acredito que as provas, com as imagens/vídeo juntados no processo, não podem ser desmentidos.

Como diz um amigo meu: se é assim, não tem nem graça, acabou a discussão.


07 setembro 2022

PROCURAMOS INDEPENDÊNCIA 🇧🇷

Eu deveria comemorar a independência, mas preferir celebrar os amigos. Não que a independência não mereça comemoração, quiçá em seu bicentenário, mas é que nosso tempo sequestrou a data e a apequenou em debates estéreis sobre "patriatadas" e não sobre patriotismos.


Nos esquecemos de comemorar nossa independência financeira quando ao FMI e a nossa autonomia na produção de alimentos e estamos discutindo a paternidade de 'bolsas' ou 'auxílios' e, apenas de tudo que produzimos, ainda temos milhões passando fome.

Nos esquecemos de cobrar independência do nosso povo quanto a miséria do voto comprado que mancha a nossa democracia e elege uma corte tupiniquim para os palácios do Planalto Central do Brasil.

Acho que precisaremos de mais duzentos anos para aprendermos a comemorar e a cobrar independência, mas enquanto essa liberdade não acontece, vou celebrando os amigos.

Bom feriado a todos e viva ao Brasil de todas as cores e de todos os costumes.

05 setembro 2022

TODO PODER TEM LIMITE. MORAES PRECISA SER CONTIDO.

Não se trata de defender bolsonaristas, mas sim de defender o respeito às leis e aos limites do poder.


A vice-procuradora-geral da República, Lindôra Araújo, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal na quarta-feira (31/8) manifestação que rebate o pedido apresentado por parlamentares no âmbito de investigação que apura suposta participação de empresários bolsonaristas no financiamento de atos antidemocráticos. O documento foi endereçado ao relator do caso, ministro Alexandre de Moraes, que na semana passada ordenou medidas cautelares contra os empresários.

O pediso deve sim ser rejeitado, mas não  por ilegitimidade dos parlamentares ou irregularidade na representação. Deve sim ser rejeitado por não haver fato ilícito na emissão de opinião.

No entendimento da PGR, os parlamentares não possuem legitimidade para peticionar no caso, já que a legislação não permite a intervenção de indivíduos ou de entidades sem qualquer ligação com os fatos em apuração.

“A prevalecer a argumentação dos senadores, mutatis mutandis, qualquer inquérito em curso perante o Judiciário poderia sofrer intervenções de ‘interessados’ ou de autoridades locais para solicitar diretamente ao magistrado diligências investigatórias, o que o CPP não autoriza nem mesmo ao ofendido, que tem seus requerimentos de diligências examinados e sujeitos ao juízo da autoridade investigativa (CPP, art. 14).”

Não podemos permitir que esse abuso de poder passe impune, com um simples arquivamento do inquérito. É hora de repensar o papel do STF e limitar o poder de seus ministros, antes que mais algum maluco resolva abusar de outro poder e peça o fechamento do Supremo, o que seria o fim da democracia.

O STF é maior do que qualquer ministro que abuse de seu poder.

02 setembro 2022

O MINISTRO ABUSOU DO PODER.



Os mandados de busca e apreensão autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), contra oito empresários acusados de defender via WhatsApp um golpe de Estado no Brasil são sim abuso de poder.


Ele tanto fez que passou do ponto.

O ministro tomou a decisão com base em uma notícia-crime apresentada na quinta-feira (18) por entidades jurídicas solicitando que os empresários sejam incluídos no inquérito das milícias digitais.
(que já é uma excrescência).

A notícia-crime exige quebra de sigilo telefônico e telemático dos empresários e pede que se investigue a participação deles na preparação dos atos pró-Bolsonaro previstos para o próximo dia 7 de setembro.

Depois de muita pressão da mídia e da classe jurídica, o Ministro tentou enganar a todos falando em uma possível preparação de golpe. Tudo mentira. Nada de provas.

A vaidade e o excesso de poder levaram o Ministro Alexandre de Moraes a condição de criminoso. Comete abuso de autoridade contra a liberdade de expressão.

Não queremos xerifes, nem mitos, nem salvadores da pátria. Só precisamos de servidores que se mantenham no limite da lei e respeitam o estado democrático de direito.

31 agosto 2022

TSE APROVOU RESTRIÇÃO AO PORTE DE ARMA NO DIA DA ELEIÇÃO. ENTENDA PORQUE.

TSE proíbe porte de arma nos locais de votação durante eleições

Descumprimento da resolução pode caracterizar crime eleitoral

Na semana passada o Blog do Abel Carvalho publicou que o Tribunal Superior Eleitoral se  mostrou empenhado em coibir a violência durante as eleições.



Pois bem, a  Corte eleitoral aprovou a  restrição ao porte de armas para a categoria de caçadores, atiradores e colecionadores (CACs) no dia 2 de outubro — data da votação do primeiro turno.


A medida se mostra acertada e tranquiliza todos os cidadãos brasileiros que estão inseguros com mais de 1 milhão de novas armas nas mãos dos chamados "atiradores" ou ",colecionadores".

O porte de arma aos CACs sempre foi disciplinado pela lei 10.826/03, mas foi  o decreto 9.846/19 que ampliou (facilitou) a aquisição das autorizações e, conseqüentemente, a compra de armas.

Para aqueles que tentarem burlar as regras da eleição com a desculpa de exercício de direito, vale lembrar que no dia das eleições, nenhum clube de tiro pode funcionar, então, quem estiver com suas armas, que guarde em casa até depois das eleições.

30 agosto 2022

PARTIU MAIS UM AMIGO.

Grande perda.

Homem íntegro e idealista e um grande amigo.

 Força e serenidade à família e muita luz ao amigo Fernando Braga na sua nova caminhada.


26 agosto 2022

O golpe do golpe do presidente Jair Bolsonaro

 

Se houver eleição e o atual chefe do Executivo for derrotado, é muito pouco provável que obtenha apoio suficiente para ser empossado e permanecer no poder.

Aproxima-se o 7 de Setembro e, com ele, reiteram-se os temores de que Bolsonaro aproveite a data cívica para retroceder o relógio político e instaurar um regime em que seu governo estaria dispensado do consentimento da maioria dos eleitores. Não se trata de paranoia. O temor deriva dos fatos. No ano passado, os bolsonaristas estavam preparados para um golpe, a ser desencadeado na data cívica de comemoração da Independência, que contaria com apoio do Exército, das polícias militares e dos caminhoneiros.

Neste ano, não é novidade para ninguém que Bolsonaro busca apoio para não aceitar a (altamente provável) derrota eleitoral nas eleições de outubro. Vai contestar o resultado, de forma certamente mais contundente que Aécio Neves. Vem estimulando sua base eleitoral a não reconhecer a derrota assim como tem vinculado o Exército a essa estratégia. Causa preocupação o sistemático questionamento do processo eleitoral por parte do ministro da Defesa, com o tácito silêncio do presidente da Câmara dos Deputados e do Procurador-Geral da República. Se silêncio e cumplicidade podem andar juntos, poder-se-ia esperar potencial participação ativa destes atores no golpe.

O fato, contudo, é que a conspiração golpista de 7 de Setembro de 2021 foi um fiasco. Em Brasília, Bolsonaro inflamou contra o STF (Supremo Tribunal Federal) uma praça lotadíssima de apoiadores e declarou que a partir daquele dia “uma nova história começa a ser escrita aqui no Brasil”. Em São Paulo, em manifestação de tamanho similar, declarou vislumbrar apenas três cenários para sua saída da Presidência da República: “preso, morto ou vitorioso”. Entretanto, nas cenas seguintes da anatomia do golpe, os tanques do Exército não apareceram, as polícias militares não aderiram e parte dos caminhoneiros ficou à deriva na madrugada do dia 8, tentando bloquear estradas. O desacerto foi tão grande que até mesmo sua mensagem aos caminhoneiros, abortando a missão, foi confundida com fake news. 

Seu filho Eduardo estava errado: derrubar instituições requer bem mais que um cabo e um soldado.

Texto de Marta Arretche.

Fonte: nexojornal.com.br


11 agosto 2022

CONCILIAÇÃO ITINERANTE EM BOM LUGAR.

 O Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do projeto Conciliação está oeferencendo um serviço itinerante para a população de Alto Alegre do Maranhão e Marajá do Sena. Na oportunidade, os cidadãos e cidadãs puderam resolver, principalmente, questões relacionadas à investigação de paternidade (com coleta de exame de DNA), divórcio e pensão alimentícia. 

A atividade está inserida no projeto Carreta dos Direitos da Defensoria Pública do Maranhão.

Na sétima edição de 2022 da Conciliação Itinerante seguiu para o município de Paulo Ramos e finaliza a itinerância, nesta quinta-feira (11/8), em Bom Lugar. 

A ação - que visa facilitar o acesso da população à Justiça - é desenvolvida pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec/TJMA), em parceria com a Defensoria Pública do Estado do Maranhão e com os municípios. O Nupemec é presidido pelo desembargador José Gonçalo de Sousa Filho e coordenado pelo juiz Marcelo Oka.


ALTO ALEGRE DO MARANHÃO.

Pessoas são atendidas em ação conjunta do Judiciário, Defensoria Pública e executivo municipal, em Alto Alegre do Maranhão


Com uma população estimada em trinta mil habitantes, o município de Alto Alegre do Maranhão recebeu atendimento na segunda-feira (8/9), de 8h às 17h, na Secretaria da Mulher de Alto Alegre do Maranhão.

Durante a Conciliação Itinerante, a população também resolveu diversas questões processuais, especialmente registros de crimes de menor potencial ofensivo (termos circunstanciados de ocorrências), que foram direcionados à 1ª Vara de São Mateus, que tem como juiz titular, Aurimar Arrais.

As demandas pré-processuais (sem ação judicial), a exemplo do divórcio e guarda e alimentos, foram atendidas de forma rápida, simples e gratuita, por meio da 2ª Vara de São Mateus, onde responde o juiz titular Raphael Amorim. Além disso, foi realizada coleta de material para exame de DNA, resolvidas demandas do consumidor, problemas de vizinhança, dentre outras questões. 

FICHAS SUJAS

 

TCU entrega lista dos gestores com contas julgadas irregulares ao Tribunal Superior Eleitoral


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fachin, recebeu a relação com os nomes de pessoas que tiveram as contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas da União (TCU) nos últimos oito anos. A entrega foi feita pelo ministro Bruno Dantas, no exercício da presidência do TCU, em reunião na sede do TSE, em Brasília.

Transparência – A Lista de Responsáveis com Contas Julgadas Irregulares, também conhecida como Cadirreg, ou Cadastro de Contas Julgadas Irregulares, está disponível no link https://contasirregulares.tcu.gov.br

O TCU fará a atualização diária dos dados até 31 de dezembro.

O ranking de contas julgadas irregulares por região e fora do Brasil está distribuído da seguinte forma:

  • Nordeste: 2.718 registros
  • Sudeste: 1.573 registros
  • Norte: 1.181 registros
  • Centro-Oeste: 709 registros
  • Sul: 610 registros
  • Exterior: 13 registros

Agora, cabe à Justiça Eleitoral, dentro dos critérios legais, declarar ou não a inelegibilidade dos possíveis candidatos a um cargo público.

27 julho 2022

MOTORISTA PODE SER COBRADOR.

 

TRT-MA decide que é  inconstitucional a lei municipal que proibia o acúmulo de funções de motorista no transporte público de São Luís.

Segundo a decisão do Tribunal Regional do Trabalho no Maranhão, o Sindicato dos Trabalhadores deve ser abster de paralisar a frota de ônibus mesmo que as empresas tenham somente o motorista para efetuar as funções de motorista e cobrador.


O sindicato patronal ajuizou a ação após recebimento de um ofício assinado pelo presidente do sindicato dos trabalhadores, no último dia 13 de julho, com a solicitação de que todas as empresas de transporte coletivo acatassem a disposição da Lei Municipal nº 6.801/2020, publicada no Diário Oficial do Município de São Luís, no dia 18 de fevereiro de 2022, em 72 horas, que proíbe a cumulação das funções de motorista e cobrador, advertindo sobre a possibilidade de realizar uma greve geral da categoria e por tempo indeterminado, caso não fossem cumpridas as disposições da nova lei.


Com essa decisão o Tribunal do Trabalho protege as empresas de ônibus e sacrifica o trabalhador que terá que acumular funções, se quiser manter o emprego. 

A desculpa é de que o transporte coletivo é serviço essencial e que o povo não pode ficar com o serviço paralisado em caso de greve. É menos um instrumento de pressão em favor do trabalhador.

Mas vai ter quem diga que isso é discurso de comunista.


22 julho 2022

ARA, LARGA MÃO.

Augusto Aras está em uma saia justa. Bolsonarista (quase assumido) o PGR não sabe se defende o sistema eleitoral ou bate continência ao chefe. Na moda "pantanal" não resisti ao trocadilho. Aras não larga mão.

Em sentido contrário, mais de 200 entidades da sociedade civil, a chamada Coalizão em Defesa do Sistema Eleitoral apresentou na Procuradoria-Geral da República, uma representação pedindo que o presidente Jair Bolsonaro seja denunciado ao Supremo Tribunal Federal por suposta incitação ao crime, prevista no Código Penal, e suposto delito de ‘interrupção do processo eleitoral’, definido na lei que trata dos crimes contra o Estado Democrático de Direito.

Para quem não sabe é para quem não viu, o Presidente da República reuniu diplomatas de vários países para mentir sobre o processo eleitoral brasileiro, repetindo a bobagem de que as urnas eletrônicas estão sujeitas a ataques hacker.

E ainda tem bobo que acredita.

17 julho 2022

BETZORD É SUSPEITA DE FRAUDE E TITULIPA TEM BENS APREENDIDOS NA OPERAÇÃO.

 O comediante Tirulipa (“Detetive Madeinusa”) foi surpreendido por uma batida da Polícia Federal, que chegou em sua casa, em Alphaville, São Paulo, com ordem de busca e apreensão. 

Ele teve dinheiro e objetos de luxo apreendidos como parte de uma investigação contra a Betzord, empresa de apostas online. Tirulipa fez comerciais para a empresa e é investigado por supostos crimes contra a economia popular e associação criminosa.

Divulgação/Tirulipa

Dentre os itens levados, foram apreendidas folhas de cheque preenchidas no valor de R$ 30 mil, R$ 27 mil em notas de dinheiro, aparelhos de celular, contrato de locação residencial, quatro agendas e dados com informações a serem incluídas no imposto de renda do humorista.

Além dele, a advogada e influencer Deolane Bezerra também é investigada e teve bens apreendidos pelo mesmo motivo no começo da semana.

Em nota divulgada no Instagram, a assessoria de Tirulipa afirmou que não tem vínculo com a empresa que vem sendo investigada.




16 julho 2022

MORRE O HERDEIRO DO TRONO BRASILEIRO, MAS NÃO PENSE QUE É FILHO DE BOLSONARO.

 O chefe da Casa Imperial do Brasil e herdeiro do trono brasileiro, dom Luiz de Orleans e Bragança, morreu nesta sexta-feira, 15, em São Paulo. Bisneto da Princesa Isabel, ele tinha 84 anos e estava internado havia cerca de um mês na capital paulista. Agora, o posto que ocupava passa a seu irmão, dom Bertrand de Orleans e Bragança.

Nascido em 6 de junho de 1938, em Mandelieu-la-Napoule, no sul da França, dom Luiz era o primogênito dos doze filhos de dom Pedro Henrique de Orleans e Bragança e de dona Maria da Baviera de Orleans e Bragança. Ele chefiava a Casa Imperial desde 1981.

© Fornecido por Estadão
Dom Luiz de Orleans e Bragança, chefe da Casa Imperial do Brasil, morreu aos 84 anos
Foto: Divulgação

Dom Luiz, segundo sua página na internet, era “o legítimo depositário dos direitos ao Trono e à Coroa do Brasil – de jure, Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil”. Foi durante o período em que chefiou a Casa Imperial do Brasil que caiu a “cláusula pétrea”, dispositivo constitucional que punha os monarquistas fora da lei.

15 julho 2022

NÃO FOI CRIME POLÍTICO.

Precisamos aprender a votar, mas antes de tudo, precisamos aprender a conviver com o adversário político.

O assassinato do guarda municipal petista Marcelo Arruda pelo policial penal bolsonarista Jorge Guaranho ocorrido no último sábado (9) em Foz do Iguaçu abriu a possibilidade de ser enquadrado como crime de ódio, político ou contra o estado democrático de direito.

Em resumo, segundo a polícia, Jorge foi inicialmente ao salão para provocar os participantes da festa por causa do tema político do aniversário. Mas, durante as discussões, passou a ter Marcelo como seu único foco. E que teria cometido o assassinato por impulso, após discussão, e não de forma premeditada.

Nosso povo está sendo usado como massa de manobra nas campanhas populistas de LULA x BOLSONARO, mas associar qualquer dos candidatos aos atos de violência de seus seguidores é criar uma narrativa artificial. Não cola com o povo real. 

Não foi crime político, pois apesar da  provocação do bolsonarista, seguida de discussão por questões política e ideológica, para enquadrar o crime como um crime político, seriam necessários requisitos para isso, como o de tentar impedir ou dificultar outra pessoa de exercer direitos políticos.


OPOSIÇÃO DEU DINHEIRO A BOLSONARO PARA A ELEIÇÃO.

 

 Oposição apoiou PEC das Bondades

Ninguém vai poder reclamar quando Bolsonaro começar a crescer nas pesquisas por causa do dinheiro dado a caminhoneiros e taxistas, distribuição de gás e auxilio financeiro para os mais necessitados. 


A celeridade com que a PEC das Bondades tramitou na Câmara — inclusive com manobras do presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL) — e o apoio da oposição à proposta provocam críticas da sociedade, mas não pode ser considerada ilegal. 

O texto, aprovado na quarta-feira em segundo turno, recebeu 469 votos a favor, 17 contra e duas abstenções.

A cientista política Beatriz Finochio apontou que diversas nuances comprovam o caráter eleitoreiro das medidas. 

"No momento em que houve a necessidade de votar a PEC por videoconferência, houve uma mobilização geral para que tivesse aprovação. Coisas que em PECs muito mais necessárias, como a da reforma tributária, não acontecem. A cultura é de eleição e voto em primeiro lugar, e não a saúde econômica do país", reprovou. 

A opinião da especialista mostra que esse interesse  eleitoreiro não diz respeito apenas à base do governo. "Na hora que tiver medidas populistas, não existe oposição, existe interesse em voto."

O mais grave é a inclusão, na PEC, do estado de emergência, para driblar a Lei Eleitoral — a legislação proíbe benesses às vésperas das eleições, exceto em caso de emergência ou de calamidade pública. 

Depois não venham reclamar que o presidente da república venha ampliar o Estado de emergência suspendendo e/ou mudando algumas das funções do executivo, do legislativo ou do judiciário enquanto o país estiver neste estado excepcional. Cabe até alerta aos  cidadãos para que ajustem seu comportamento de acordo com a nova situação, além de comandar às agências governamentais a implementação de planos de emergência.

Tudo isso é um grande risco em tempo de eleição, mas foi aprovado por todos, inclusive pela oposição.

13 julho 2022

COITADO PARA UNS E MITO PARA OUTROS. A IMAGEM DE UM DITADOR EM CONSTRUÇÃO.

 

O presidente Jair Bolsonaro adora se fazer de coitadinho na frente da imprensa e voltou a afirmar  que falou em fuzilar a petralhada em 2018 apenas no sentido figurado. 

No Twitter, o chefe do Executivo respondeu à cantora Zélia Duncan, que criticou sua declaração. “Zélia, era um tripé”, escreveu Bolsonaro.

“Foi sim em sentido figurado, tanto que nesse mesmo período fui eu, e não o seu candidato, quem sofreu uma tentativa de assassinato real, com uma faca real, não um brinquedo de plástico, de um militante real de esquerda, mas isso parece ser menos grave pra vocês. É do bem, né”, escreveu Bolsonaro.

Pode até ser que a arma apontada com os dedos seja em sentido figurado, mas a política de armamento da população é uma vontade real e a disseminação do discurso de ódio já está produzindo uma animosidade real. 

07 julho 2022

BOLSONARO ADMITE QUE ELEIÇÃO ESTÁ PERDIDA.

Em mais uma reunião do governo convocada pelo provocador maior da república, o presidente Jair Bolsonaro (PL) reforçou os ataques ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) re ainda foi apoiado por seus ministros.

O chefe do Executivo disse que não pode participar de uma disputa com ela já perdida, cobrando para que as eleições sejam, nas suas palavras, "limpas".

Vejam bem: 

1. A eleição será com voto eletrônico e o sistema de votação será auditável na forma prevista na lei atual e NÃO PODE MAIS MUDAR para as eleições de 2022. Então, Bolsonaro terá que ser candidato com essas regras ou desistir.

2. Se for candidato, com as regras atuais, terá que aceitar o ganhar ou perder, pois não poderá reclamar depois do resultado, senão, será tratado como criminoso golpista e será preso.

3.  Se não for candidato (já que acha que vai perder as eleições) terá que governar o país até 31 de dezembro de 2022, sem atacar a democracia, por que senão, poderá sofrer um impeachment.

De qualquer modo, candidato ou não, Bolsonaro já está ficando conhecido como aquele menino chorão que só joga se puder ganhar. Quando perde grita: mamãaaae. No caso, grita: Forças armaaadas

05 julho 2022

A CULTURA AINDA PULSA.

Congresso derruba vetos de Bolsonaro, e leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc entrarão em vigor.

Mais uma derrota para o presidente Jair Bolsonaro. O Congresso Nacional derrubou nesta terça-feira (5) os vetos presidenciais a dois projetos que preveem ajuda financeira ao setor cultural — os das leis Paulo Gustavo e Aldir Blanc 2 (leia detalhes sobre as duas leis mais abaixo).

No caso da Lei Aldir Blanc, deputados deram 414 votos pela derrubada do veto e 39 pela manutenção. Entre os senadores, foram 69 votos a zero contra o veto. Com relação à Lei Paulo Gustavo, o placar foi de 66 a zero entre os senadores, e de 356 a 36 entre os deputados. A própria liderança do governo orientou pela rejeição dos vetos.

A verdade é que o presidente sabia que seria vencido, mas continua fazendo jogo de cena para seus seguidores que, como ele, querem criar uma republiqueta teocrática onde se oprime as mulheres e se persegue negros e homosexuais. E olha que já tem muita gente criando coragem pra defender isso em público viu.

Os artistas reforçaram a importância das duas leis para a democratização do acesso à cultura e à arte e chamaram os textos de “SUS da cultura”, em referência ao Sistema Único de Saúde.

17 junho 2022

PARA QUEM QUER ENCONTRAR UM CASO CONFIRMADO DE MORTE PELA VACINA DA COVID. O CASO DE BRUNO GRAF.

#VouVacinar

Bruno Graf morreu devido à reação da vacina da AstraZeneca, VERDADE ou FAKE.

O advogado Bruno Graf, de 28 anos, morreu em razão de efeitos colaterais provocados pela vacina anticoronavírus da AstraZeneca.

É o que informou boletim epidemiológico da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE), vinculada à Superintendência de Vigilância em Saúde de Santa Catarina, pertencente à Secretaria Estadual da Saúde.

Foto: Divulgação/Arlene Graf

Essa é a manchete dos sonhos de todos os bolsonaristas que defenderam a eficácia da cloroquina e o perigo da vacina.  A morte do advogado é verdade e o caso passou por investigação de equipes de imunização estadual, regional e municipal.

“Trata-se de um homem de 28 anos, residente em Blumenau, que iniciou sintomas (calafrios, sensação febril e cefaleia) no dia 23 de agosto, evoluindo a óbito em 26 de agosto, sendo este desfecho desencadeado por um quadro de trombose de sistema nervoso central com plaquetopenia associada”.

“O óbito foi sim associado à vacina da AstraZeneca, sendo esses dois casos confirmados tendo seus desfechos com relação à Síndrome de Trombose com Trombocitopenia (STT)”, salienta o boletim do DIVE.

“A STT é definida pela presença de trombose/tromboembolismo, geralmente em locais incomuns, como o seio venoso cerebral ou as veias esplâncnicas com trombocitopenia acentuada após a vacinação com uma vacina de vetor de adenovírus não replicante contra a covid-19.”

A DIVE ressaltou, porém, que casos que tiveram relação causal com a vacina representam uma taxa de incidência de 0,05 casos por 100 mil doses aplicadas e eu faço aqui uma comparação: são mais de 600 mil mortos pela covid e um ou dois casos de mortes relacionados a vacina. 

Se você não quer correr risco de morte tomando a vacina, tudo bem, mas eu prefiro diminuir o risco de morte por covid, tomando a vacina.


 OBSERVAÇÃO RELEVANTE.

“Estes EAPVs (Eventos Adversos Pós-Vacinação) são descritos na literatura médica como eventos raros e associados a vacinas de plataforma de vetor viral, das quais as vacinas dos laboratórios AstraZeneca e Janssen são as únicas distribuídas no Brasil pelo Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde”, concluiu a DIVE.

#VacinasSalvamVidas 

16 junho 2022

FLAMENGO VOLTA A VENCER COM A VOLTA DE ARRASCAETA E NOVO TÉCNICO.

#Arracaeta #Flamengo #gabigol

Depois de um longo hiato sem vitórias no Brasileirão, o Flamengo encontrou o caminho das vitórias novamente na última quarta-feira. Com gols de Ayrton Lucas e Gabigol, o rubro-negro carioca despachou o Cuiabá, conseguindo se distanciar da zona perigosa na tabela.

Meu amigo Luis não deve está feliz, mas eu fico agradecido pelo telefonema de ontem, que (superstição ou não) ajudou no retorno das vitórias.

Brincadeiras a parte, após desfalcar o Flamengo, Arrascaeta voltou a jogar com a camisa Rubro-Negra e foi fundamental na vitória sobre o Cuiabá! 

Os cronistas esportivos teceram elogios ao futebol apresentado pelo time de Dorival Júnior (novo treinador) e fez uma comparação em relação ao desempenho dos jogadores na gestão do antigo comandante rubro-negro, o técnico Paulo Sousa.

“Achei o time melhor. Ainda está devendo, mas já foi um avanço considerável e dá para ter alguma esperança de que o Dorival vai acertar essa equipe do Flamengo sem fórmulas mirabolantes e com um feijão com arroz bem temperado. Já é o suficiente para o Flamengo brigar pela parte de cima da tabela. Gostei de muitos avanços em relação ao time do Paulo Sousa”, avaliou o jornalista Renato Maurício Prado do UOL.Imagem


MAIS SOBRE ARMAS E CACs.

 Li nas redes sociais e resolvi reproduzir. São boas perguntas e merecem uma reflexão. Eu não consigo entender tanta gente "colecionand...