19 fevereiro 2015

LÁ A JUSTIÇA É IMPLACÁVEL.

Robert Luskin, criminalista americano:
Petrobras pode ser punida nos Estados Unidos
(Foto: Gilberto Tadday)
Um dos maiores criminalistas dos Estados Unidos afirma que as investigações do petrolão em seu país serão profundas e podem levar a uma severa punição de empresas brasileiras
Entrevista a Malu Gaspar publicada em edição 2410 de VEJA
O criminalista Robert Luskin é um personagem típico de Washington: integrante do primeiro time da advocacia americana, circula entre republicanos e democratas com a mesma desenvoltura e conhece como poucos os meandros da burocracia governamental.
Sua maior especialidade é a lei que pune corporações internacionais por pagar propina para obter contratos, o Foreign Corrupt Practices Act.
Nesta entrevista a VEJA, ele informa que as investigações sobre o petrolão nos Estados Unidos vão desvendar toda a extensão do esquema. 

'O impacto da Lei Anticorrupção brasileira vai depender de como era será aplicada - Se valer para poucos de nada adiantará.'

Nenhum comentário:

CONCILIAÇÃO ITINERANTE EM BOM LUGAR.

 O  Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do projeto Conciliação está oeferencendo um serviço itinerante para  a população de Alt...