segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Na PGR, associação de povos indígenas denuncia Bolsonaro por racismo

Em live, presidente disse que "cada vez mais, o índio é um ser humano igual a nós'
— Com toda certeza, o índio mudou. Cada vez mais, o índio é um ser humano igual a nós. Então, fazer com que o índio cada vez mais se integre à sociedade e seja realmente dono da sua terra indígena. Isso que nós queremos aqui — disse Bolsonaro.
Sem comentários!

domingo, 26 de janeiro de 2020

CORONAVÍRUS.

O surto de uma nova síndrome respiratória provocou 25 mortes e colocou cidades com milhões de pessoas em quarentena na China. 
© Kin Cheung/AP

O que são os coronavírus?

Os Coronavírus são uma grande família viral que causam infecções respiratórias em seres humanos e em animais.
 Os Coronavírus humanos causam doença respiratória, de leve a moderada, no trato respiratório superior. Esses vírus receberam esse nome devido às espículas na sua superfície, que lembram uma coroa.

Quais são os sintomas da infecção?

Casos mais leves podem se parecer com gripe ou resfriado comum, dificultando a detecção. 
Já casos mais graves podem evoluir para pneumonia e síndrome respiratória aguda grave ou causar insuficiência renal. 
Os sintomas incluem febre alta, tosse, dificuldade para respirar e lesões pulmonares.

sábado, 25 de janeiro de 2020

ARAS PROCESSA ...

© Isac Nóbrega/PR/Flickr
Vida de procurador-geral da República é assim mesmo. Augusto Aras,  que foi indicado por Bolsonaro, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) sua primeira ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra uma medida do presidente.
A ação questiona dois trechos de uma medida provisória de 11 de novembro que alterou a legislação trabalhista e estabeleceu limites para o Ministério Público do Trabalho assinar Termos de Ajustamento de Conduta.
Na ação, Aras afirma que a iniciativa de criar regras sobre a atuação do MPT é prerrogativa exclusiva do procurador-geral, por isso não poderia ser feita em uma medida provisória de Bolsonaro. 
“As atribuições dos ramos do MPU são matéria cuja iniciativa legislativa pertence, exclusivamente, ao Procurador-Geral da República”, escreveu na ação.
Aos petitistas peço calma, o PGR não mudou de lado não, ainda é da escola de Jair Bolsonaro. O que aconteceu foi que a MP diminuiu o poder do MPT no espaço de negociação, de reparação e de definição de formas de composição na ação civil pública e nos inquéritos civis em matéria trabalhista, pelo que vão de encontro à autonomia e à independência do Ministério Público”, afirmou, apontando a inconstitucionalidade da medida.
Foram considerados inconstitucionais para Aras. “Os arts. 21 e 28 da MPv 905/2019 (na parte que altera o art. 627-A da CLT). Na ação, ele pede que o STF declare os dois artigos como inconstitucionais. O processo foi distribuído para a relatoria do ministro Edson Fachin.
Fica então uma lição para o presidente (se é que ele aprende alguma coisa): amigos, amigo, meu Ministério Público a parte.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Análise Imparcial ou tendenciosa ? ?


Que a televisão em Bacabal tem dono isso todo mundo sabe, mas é  preciso questionar se determinado programa ou apresentador está  a serviço de alguém quando analisa a eleição de Bacabal ?


Vejamos pelo menos 3 contradições de um programa recente:

1. É um erro achar que voto em Bacabal tem dono. Quando o apresentador diz que César Brito “tem” 12 mil votos ainda, já admite que esse candidato derreteu de 2018 pra cá.

Em uma análise isenta podia também dizer que o grupo de Expedito, que apoiou Simplício na eleição de deputado, teve duas vezes mais votos que o candidato apoiado por César, que era Fufuca, mas se dissesse isso ele também estaria errado, pois *OS VOTOS SÃO DO POVO*.

Nem Edvan, que ganhou a eleição é dono de voto, a maioria naquele momento não quiz o César, a maioria agora parece que também não quer mais o Edvan.

César, Edvan e Expedito só tem um voto cada um, os demais *PERTENCEM AO POVO DE BACABAL*.

2. Colocar Coronel Egídio como sendo da oposição é pouco demais (o DNA de Egídio é João Alberto), no momento o vereador apenas está revoltado por não ser o candidato do Carcará e apresenta um discurso de oposição, mas até as crianças sabem de onde veio e de onde nunca sairá.

3. A matéria da TV diz que o povo de Bacabal tem dono, que a oposição tem dono, que o povo que votou em Edvan é como se fosse “gado” de Edvan.

Acho desrespeito com o povo de Bacabal, querer antecipar resultado de eleição. Não podemos esquecer que os votos só irão às urnas em outubro, e que é legítimo a qualquer cidadão querer representar a oposição. É o que fez o Expedido Jr diante da omissão de César Brito.

Querer  achar que alguém é dono do povo, dono de Prefeitura ou dono de oposição é desespero e medo da mudança. 

O povo é livre. 

Só o povo de Bacabal pode escolher quem deve e quem não deve representá-lo.

Por fim, oposição não é um nome. Oposição é a maioria dos que estão insatisfeitos com Edvan, Carcará e seus carcarázinhos. Oposição teve um líder que era Zé Vieira, escolhido pelo povo para tal missão e o seu legado não será esquecido.

Após o vácuo deixado na oposição com os resultados da eleição de Edvan, qualquer bacabalense pode e deve se habilitar a ser o novo líder, no entanto quem apontará o líder não será uma única pessoa, quem apontará o novo líder será o povo de Bacabal, em outubro.

*Bacabal é livre, Bacabal é de todos os Bacabalenses!!!*

quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

TRANSPARÊNCIA SÓ PARA ENGANAR O ELEITOR. NO MEU GOVERNO NÃO!


O Palácio do Planalto decidiu ignorar decisão recente do Supremo Tribunal Federal (STF) e manter sob sigilo os gastos com cartão corporativo da Presidência.
Há cerca de dois meses, o STF derrubou o artigo 86 do decreto-lei 200/67, segundo o qual a movimentação dos créditos destinados à realização de despesas reservadas ou confidenciais do presidente ou de ministro deveria ser feita sigilosamente.

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

O PREFEITO EDVAN TEM UM NOVO OPOSITOR E AINDA NÃO CONSEGUIU DIMINUIR A REJEIÇÃO.


O prefeito Edvan Brandão, apesar da ilusão das redes sociais, ainda continua com altíssimo índice de rejeição.

A sensação do povo nas ruas da cidade foi confirmada em pesquisa realizada pelo Instituto Perfil e divulgada pelo Jornal Pequeno.



Outra constatação foi o surgimento de uma nova liderança na oposição. É o jovem advogado Expedito Jr (filho do Sr. Expedito da Sucesso Magazine).

Como a política é mesmo dinâmica, o eleitor de oposição cansou de esperar e, pelo menos nesse momento, já escolheu uma nova liderança.



Brito passou mais de um ano ostentando ser o segundo colocado na eleição municipal (me lembrou até Roberto Costa que se dizia ser prefeito de Bacabal porque perdeu para Zé Vieira).

Agora precisamos avaliar se o jovem Expedito Jr conseguirá formar o grupo político necessário para se manter forte contra a máquina pública municipal que virá com tudo para cima do novo opositor.

terça-feira, 10 de dezembro de 2019

PM não é fiscal da prefeitura.

Nove pessoas, sendo uma mulher e oito homens, morreram pisoteadas durante um baile funk na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo, depois de uma perseguição policial.

a polícia tem que proteger a população e não fechar festas. Que esse erro sirva de exemplo para a polícia militar de Bacabal que, de forma repetida, vivem de acabar com festas nas madrugadas. 

É preciso informa-los que não é crime manter seu estabelecimento aberto após as 2 horas da madrugada. Se o ambiente não possui a licença devida, cabe ao município fazer a fiscalização e fechamento, se for o caso.

À polícia militar cabe manter a ordem. PM não é fiscal do município para encerrar festas, nem ficar a serviço de prefeitos.

Aos comandantes de batalhões faço um alerta: protejam o povo e não sejam subservientes a políticos. 

A polícia precisa resgatar sua credibilidade junto à população.

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

LEILÃO DA CORRUPÇÃO.

Para os analfabetos políticos que pensam que política é só se candidatar para amealhar uns trocados, fica o exemplo dos vereadores de Bacabal. 

São pessoas de bem que, assim que sentam na Câmara de Vereadores, perdem completamente a credibilidade e passam a ser tradadas como peças arrematadas em um leilão de corrupção. Infelizmente a prenda é o povo.

Um desafio importante é começarmos a pensar já em um movimento de retomada de credibilidade do legislativo. 

precisamos de pessoas dispostas a romper com a postura de fazer requerimentos inúteis, projetos de título de cidadania por mera bajulação e de trocar nomes de ruas.

Nossa cidade precisa: 

  • de um plano diretor adequado, 
  • de um código de obras, 
  • de uma LOA verdadeira e principalmente, 
  • de transparência nos gastos públicos tanto do Legislativo como do Executivo.
Fica então o desafio aos nossos futuros vereadores. 

Reflexão: Em tempos de promessas vazias, o bom é ouvir quem tem algo a dizer. 

domingo, 8 de dezembro de 2019

João Alberto ou Simplício Araújo? Quem vence a queda de braço ?

A NOVA SOBRE O ASSUNTO SAIU NO DR. PÊTA:


*** É, ‘rapá , parece que o João Alberto vai perder mesmo a ‘queda de braço’ com o Simplício!!! Ao menos aqui em São Luís, onde, tudo indica, o juiz em via de aposentadoria Carlos Madeira deve mesmo se filiar ao Solidariedade!!! 

Agora, em Bacabal, o ‘pau vai cantar feio’!!! É só esperar!!! O ex-senador quer reeleger o prefeito e se eleger vereador, enquanto o secretário de Flávio Dino pretende eleger seu adjunto Expedito!!! 

O Mearim ‘vai ferver’!!


Para entender melhor Leia a matéria a seguir:

O anúncio da aposentadoria do Juiz Federal José Carlos Madeira para disputar a prefeitura de São Luís promove a primeira e interessante disputa. 

Ontem, ato contínuo ao anúncio de aposentadoria do magistrado para a candidatura a prefeito de São Luís o presidente estadual do Solidariedade, Simplicio Araújo, foi registrado ao lado de José Carlos Madeira, oficializando o convite para a filiação ao partido Solidariedade.

Hoje, o Ex-Senador João Alberto, no programa Bom Dia Mirante, anunciou dando como certa a filiação de Madeira ao MDB.

Parece que não é só na disputa pela Prefeitura de Bacabal, onde Simplicio lançou seu sub secretário Expedito Silva Júnior e João Alberto apoia o atual prefeito Edvan Brandão, que a batalha entre esses dois filhos de Bacabal vai ser travada.

Alguém se habilita a apostar no desfecho desta filiação ?

*ESPELHO VELHO*

Quando um dia velho for 
Ao depor pra humanidade 
Vou contar pra quem passou 
Por esta coisa da idade 
Lá no canto onde estiver 
Considerado coisa qualquer 
Para os de casa ou da rua: 
“Gente ruim velho não quer” 

Estarei mais perto de Deus 
Já rumando pra eternidade 
As mágoas que um dia passei 
No passado em vão ficarão 
E neste ciclo de verdades 
Já no leito das saudades 
Lembrarei todos sorrisos 
Até de quem me abandonou.

Em muitas casas é assim  
Velho dar muito trabalho 
 Tem de ficar sempre de lado 
Sendo pobre é maltratado 
Pisoteado ou amassado 
Por muitos que no passado 
Do suor outrora evaporado 
Sustentou gente ruim 

 Quando um dia for velho 
Saberão que existe Deus 
Aqueles que hoje gritam 
 Massacram ou crucifixam 
Julgam e não dão valor 
Ao envelhecido humano 
Que das vestes já foi o pano 
Como pai só deu amor. 

Estão todos perdoados 
 Porém todos avisados 
 O meu tempo se passou 
Torço que sejam amados 
Até o filho desalmado 
Eu, Jesus te perdoou 
 Ainda contando os dias 
Desejo toda alegria 
 Muita sorte ao doutor! 

 Por Luiz Eufrasio Ribeiro Filho.
Fonte: redes sociais.

sábado, 7 de dezembro de 2019

A MUDANÇA DEPENDE DE NÓS! 👍


Estamos falando hoje de um cidadão bacabalense que resolveu demostrar toda a sua indignação sobre a postura do povo em aplaudir sempre a política de pão e circo de nossos representante.

Disparou no seu zap: 
"A população sempre se sujeitando a politica atrasada dos que só querem se aproveitar da necessidade dela.


Hoje com o sorteio de brinde no centro cultural, mesmo com tantos problemas que afeta a maioria da população, o centro estará lotado de pessoas aventurando que seu filho seja sorteado."

OPINIÃO DO BLOG.

Pode ser apenas a necessidade ou a falta de conhecimento político, mas o fato é que nosso povo sempre tenta ganhar, seja:
  • uma cesta de peixe na semana santa, 
  • um presente no dias das mães,
  • ou um brinquedinho no dia das crianças 
  • ou até a  sobra qualquer de churrasco de políticos. 
Enquanto isso, cada um dos ditos representantes compram fazendas cheias de gado com o dinheiro público.


Vou me apropriar mais uma vez da fala do nosso amigo virtual: 
"Cuidado população, vamos ser mais sinceros com nós mesmos!".

quinta-feira, 5 de dezembro de 2019

Maconha medicinal é regulamentada no Brasil.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, por unanimidade, o novo regulamento para o uso de produtos à base de Cannabis para fins medicinais. 
A decisão tem como intuito legalizar o uso medicinal da maconha no Brasil. O plantio, porém, não foi autorizado. 
Segundo a agência, a regulamentação aprovada será publicada em breve no Diário Oficial da União (DOU) e com vigência para 90 dias após a publicação. 
Na prática, significa que os produtos poderão vendidos em farmácias mediante apresentação de prescrição por profissional médico legalmente habilitado.

Mas cuidado, se você pensa que vai a farmácia comprar MACONHA MEDICINAL e curtir um barato está enganado. O que foi aprovado é o uso de uma substância chamada da CANABIS chamada CDB. O que dá o barato no usuário de maconha é o THC e esse não esta liberado não.

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

O PTB CONFIRMA JUNIOR DA CAÇAMBA COMO PRÉ CANDIDATO A PREFEITO.

O PTB já atualizou o seu registro de vigência em Bacabal e tem como seu presidente municipal o ex-vereador Francisco Lima Cândido - CÂNDIDO DE MADUREIRA.

Em conversa com nosso blog, o presidente municipal confirmou  a pré candidatura de OZANAN DE CARVALHO SILVA FILHO - JUNIOR DA CAÇAMBA, que dependia da regularização de seu partido para colocar adiante os seu projetos para disputar a  prefeitura de Bacabal.








Dados da Composição
Início Vigência:08/11/2019Fim Vigência:07/05/2020Situação Vigência:Vigente
CNPJ:15.792.148/0001-83Data Constituição:Situação:Anotado
Data Descisão/Despacho:
Endereço
Endereço:RUA FREDERICO LEDA Nº 1728Bairro:COHAB 1
Complemento:
UF:MACidade:BACABAL
CEP:65700000

OPINIÃO DO BLOG.
Os defensores da reeleição de Edvan Brandão irão dizer que "quanto mais candidato de oposição, melhor para o prefeito". 
Eu tenho a ousadia de discordar, porque, atualmente, já temos 03 (três) pré candidatos confirmados por seus partidos na disputa para a sucessão de Edvan, e no meu entender, todos tiram votos do prefeito, senão vejamos:
Leynha Oliveira (PSL) - representa um segmento evangélico que contribuiu fortemente na eleição de Edvan, portanto, já representa uma forte divisão do eleitorado.
Expedido Junior (SD) - representa inicialmente o comércio, as industrias e todo o seguimento de emprego e renda, portanto, os trabalhadores da iniciativa privada e, é inquestionável que o setor do comércio é o maior empregador de Bacabal. Eu não acredito que os articuladores do prefeito venham dizer que os trabalhadores do comércio não fazem falta em uma eleição.
Junior da Caçamba (PTB) - representa toda a classe popular que está descontente com a classe política em geral. Ele é um homem trabalhador, que já demonstrou coragem em cima de trios elétricos em campanhas eleitorais, já se expôs fazendo denuncias ao Ministério Público e, inclusive, demonstrando empenho quando liderou a limpeza pública de Bacabal com campanhas de limpeza noturna do centro da cidade. 
Fica a dica ao prefeito: se quer a reeleição é melhor não acreditar que o asfalto é dono de voto.    


domingo, 1 de dezembro de 2019

BATE BOCA ENTRE ROBERTO COSTA E CARLINHOS FLORÊNCIO.


O embate entre o deputado Roberto Costa e o deputado Carlinhos Florêncio continua defendendo apenas os próprios interesses, sem se preocuparem com Bacabal.

Em sessão na assembleia legislativa os parlamentares demonstraram destempero: 

Costa fez pronunciamento afirmando a correção da administração do prefeito Edvan Brandão, observando que ele não responde a nenhuma ação movida pelo Ministério Público e que está transformando a cidade.
Em aparte, Florêncio contestou as afirmações de Roberto Costa, afirmando que “parece que estamos falando de duas cidades diferentes”, prosseguindo com ataque, admitindo, no entanto, que asfaltamento da cidade é uma realidade. 

O bate boca começou quando, ao rebatê-lo,  Roberto Costa disse que a situação dramática encontrada pelo prefeito Edvan Brandão foi deixada pelo grupo do deputado Carlinhos Florêncio, na gestão do então prefeito Zé Vieira – já falecido.

Irritado, Carlinhos deixou o plenário e foi acusado por Roberto de haver fugido ao debate.

OPINIÃO DO BLOG.

Entendo que o debate deveria ser pelo interesse do povo, com políticas públicas para o desenvolvimento de Bacabal. 

Já o "debate" eu chamaria apenas de bate boca

sábado, 30 de novembro de 2019

A TURMA DO GÁS.

Apelidados de “A turma do gás” pelo grupo governista, em uma tentativa de criar um tom pejorativo à imagem do jovem Expedito Júnior, o tiro parece ter  saído pela culatra.

Com todo gás, a Secretaria Estadual de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), onde  Expedito ocupa atualmente o cargo de subsecretário, anunciou investimentos da ordem de R$ 90 milhões, através da empresa de energia ENEVA , que será destinado para uso de industrial e veicular, a partir do campo de Morada Nova, em Bacabal.

Agora só resta ao prefeito Edvan Brandão aceitar que a turma do gás está pronta para ajudar Bacabal ou então assustar os investidores de Bacabal, prejudicando o povo. 

O jovem advogado assumiu  o apelido e passa a figurar como única proposta viável para combater o uso eleitoreiro da máquina pública em Bacabal.

Certamente, a contrapropaganda nos  grupos de WhatsApp vai haver, mas a proposta de mais empregos e novas oportunidades é tudo que nossa população está esperando.

Na PGR, associação de povos indígenas denuncia Bolsonaro por racismo Em live, presidente disse que " cada vez mais, o índio é um ser...