sexta-feira, 13 de abril de 2018

Vereador bom e atuante serve muito ao povo.

O vereador Egídio já é hoje a liderança de maior credibilidade da oposição bacabalense e vem dando exemplo a todos os vereadores.

Foi aprovado nesta quarta feira  (11), na câmara municipal, projeto de Lei que dispõe sobre a  obrigatoriedade da  contratação de bombeiros civis por estabelecimento, onde haja grande circulação e concentração de pessoas no âmbito do município de Bacabal. Esse projeto de Lei decorre dos anseios de uma categoria (Bombeiro Civil) que luta incessantemente em defesa da vida. 

VALE RESSALTAR A  IMPORTÂNCIA DOS MESMOS NO QUE REFERE AO CUIDADO COM A INTEGRIDADE FÍSICA DAS PESSOAS, EVITANDO ACIDENTES E TRAGÉDIAS EM AMBIENTES COM GRANDE ACÚMULO DE PESSOAS. 

No nosso município há muitos estabelecimentos nos quais existem grande circulação de pessoas, logo, maior risco de acidentes, necessitando de um profissional que atue na prevenção de acidentes e combate a incêndios. Daí a importância de tão importante aprovação, pois tornar obrigatória a presença de Bombeiros civis nas edificações, áreas de risco e/ou eventos de grande concentração e circulação de pessoas no âmbito do município de Bacabal, vai diminuir a possibilidade de eventuais tragédias que poderiam acontecer com a não obrigatoriedade da presença desses profissionais. 

Além da segurança abre-se uma nova frente de trabalho para nossa população tão necessitada. Parabéns ao parlamentar.

quinta-feira, 12 de abril de 2018

Um partido sem "P".

O brasileiro nunca foi mesmo muito fã de partidos políticos, mas o PMDB já teve um momento histórico de aprovação popular quando da redemocratização do Brasil após o golpe militar. 

O PMDB de agora é diferente. Tirou o "P" para tentar lembrar o tempo do Movimento Democrático Brasileiro, mas seus líderes atuais não são nem sobra do passado.

No cenário nacional não temos mais Ulisses Guimarães e o partido tem que se contentar com Michel Temer. No cenário municipal não temos mais Bete Lago, que arrastava multidões e o líder atual  é  Roberto Costa que causa um descontentamento geral no partido, causando um esvaziamento preocupante.

O que foi o MDB?

Movimento Democrático Brasileiro foi criado em março de 1966 para ser uma espécie de oposição branda à ditadura e, assim, dar alguma legitimidade ao Governo militar, explica a cientista política Maria Victória Benevides, em um artigo publicado em 1986 intitulado "Ai que saudade do MDB". O objetivo era criar a imagem de que havia espaço na sociedade para posições contraditórias ao regime. O movimento era uma reunião de partidos que foram extintos pelo Ato Institucional número 2 (AI-2), especialmente o PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), que tinha entre seus nomes o presidente deposto João Goulart e Leonel Brizola. Também reunia movimentos socialistas e progressistas. "Era uma oposição tolerada contra a ditadura, mas que fazia frente à repressão militar", explica Benevides no artigo. Com o tempo, a legenda acabou se tornando um símbolo da resistência.
"Durante o Governo militar o bipartidarismo era obrigatório. E só era permitido um partido de oposição. Por isso, a sigla reuniu todas as tendências de oposição", explica o cientista político Lamounier. "O MDB, então, cresceu rapidamente e veio a ser percebido pelos eleitores, principalmente os mais pobres, como o partido que estava ao lado dos pobres e contra o Governo. Não é que tivesse uma política que favorecesse os pobres, porque ele não podia fazer nada de concreto, mas a sigla ganhou essa conotação e, com isso, se tornou eleitoralmente muito forte".

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Carlos Brandão desmente fakenews sobre queda de helicóptero.

O governador em exercício do Maranhão, Carlos Brandão (PRB), fez há pouco uma postagem no Twitter para desmentir fakenews de que teria morrido num acidente de helicóptero.

Desde as 18h circulam em grupos de WhatsApp áudios sobre a suposta queda de uma aeronave na região de Conceição do Lago Açu.

Autoridades contactadas pelo Blog do Gilberto Léda não confirmaram, até agora, a tragédia.

Na esteira desses áudios, surgiram boatos de que o vice-governador do Estado estaria na aeronave e teria morrido.

“Amigos, estou bem, em São Luís, após um dia muito produtivo pelo bem do Maranhão. Forte abraço!”, postou Brandão.

Em nota, Brandão deu mais detalhes sobre sua agenda pelo interior e sua volta, em segurança, para casa.

Amigos, estou bem, em São Luís, após um dia muito produtivo, pelo bem do Maranhão. 

Estive, sim, sobrevoando a Barragem de Flores, para avaliar com a equipe técnica se havia algum risco para a população. Também estive sobrevoando as regiões de Trizidela do Vale, Pedreiras e Presidente Vargas, como resposta rápida às graves enchentes que aconteceram após fortes chuvas.
Reuni-me com as prefeituras locais, pude visitar as famílias desabrigadas e ouvimos prontamente as comunidades afetadas. Assim, discutimos as demandas da população e retornamos com segurança para São Luís, após mais uma missão cumprida.

Forte abraço!

domingo, 8 de abril de 2018

PSDB tem novos filiados. Clécio do Bacabal Folia é o nome em Bacabal.

O PSDB no Maranhão fez questão de dar boas-vindas aos dois novos membros do partido, o deputado federal José Reinaldo Tavares e o deputado estadual Alexandre Almeida.

O presidente do PSDB no Maranhão, o senador Roberto Rocha, demonstra a satisfação em receber os novos filiados e confirma que ambos serão mesmo pré-candidatos ao Senado pelo partido.
Neste novo PSDB o senador Roberto Rocha também fez a filiação do empresário José Clécio (Bacabal Folia) que já declarou que pretende disputar as eleições para prefeito de Bacabal.

sábado, 7 de abril de 2018

ROBERTO ROCHA SE DECLARA PRÉ CANDIDATO A GOVERNADOR DO MARANHÃO.

Por Roberto Rocha

A política, embora se diga que é como uma nuvem, não está divorciada de certa lógica interna.
A boa política não é um exercício de especulação vazio, descompromissado da realidade dos fatos.
Os fatos são simples: temos um cenário bipolar, em que duas forças políticas disputam a hegemonia da narrativa eleitoral, como se essa fosse imutável.
E temos a construção de um outro campo político, ainda em formação, que reivindica um outro olhar para o Maranhão, que não esteja prisioneiro da engessada lógica da opção entre sarneysistas e anti-sarneysistas.
Apenas um grande partido nacional, o PSDB, reuniu forças para situar-se fora do campo gravitacional dessa lógica que atrasa o Maranhão.
Evidentemente que, por enquanto, qualquer pesquisa quantitativa apenas irá abonar esse horizonte fechado.
Sou pré-candidato a governador e no momento, junto com diversas lideranças, estamos construindo a engenharia política desse novo campo. Não há vetos a ninguém, mas o desejo de fazer confluírem os interesses partidários e os projetos de cada um.
Qualquer especulação que ultrapasse os limites dessa construção política, é apenas má interpretação ou interesse contrariado.
O povo do Maranhão, soberanamente, fará a escolha que julgar melhor, a partir do debate que será feito na arena pública, ao longo da campanha.

sexta-feira, 6 de abril de 2018

Nota de repúdio da OAB/MA

Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão (OAB/MA), vem a público repudiar a decisão da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão, que na manhã de hoje, 03/04, concedeu habeas corpus ao empresário Lúcio André Genésio, que estava com pedido de prisão preventiva em aberto por agredir sua ex-companheira, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva. Com a decisão do Tribunal de Justiça, Lúcio André responderá o processo em liberdade, deixando de ser foragido perante a Justiça.

A OAB Maranhão reafirma seu comprometimento com a dignidade da pessoa humana, com a advocacia e com a sociedade maranhense, e por meio desta vem também solidarizar-se com a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva.

A Seccional Maranhense, assim como tem feito em episódios envolvendo casos de violência contra a mulher e desrespeito aos direitos e princípios fundamentais dos cidadãos e advogados, tem se posicionado, tomado todas as providências cabíveis e acompanhado as investigações e desdobramentos de todos os casos. Neste, de violência contra a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva, a OAB/MA esteve vigilante e colocou-se à disposição da vítima por meio da Comissão da Mulher e da Advogada e também da Comissão de Acompanhamento das Vítimas de Violência, que tomaram todas as providências legais e cabíveis para que o ato violento fosse submetido aos preceitos legais.

É imensurável e inaceitável a violência moral e física a que a profissional da advocacia foi submetida. A ação reflete que a sociedade ainda tem muito a caminhar para a garantia plena dos direitos das mulheres. A violência contra a mulher está, sim, enraizada na cultura brasileira, que banaliza as agressões e, não raro, atribui a culpa à própria vítima. Uma cultura que o sistema OAB, da qual faz parte a Seccional Maranhense, tem trabalhado para desconstruir, e fortalecer o conceito de sororidade, ação fortemente presente no feminismo, sendo definido como um aspecto de dimensão ética, política e prática deste movimento de igualdade entre os gêneros.

Do ponto de vista do feminismo, a sororidade consiste no não julgamento prévio entre as próprias mulheres que, na maioria das vezes, ajudam a fortalecer estereótipos preconceituosos criados por uma sociedade machista e patriarcal.

O sistema OAB se coloca à disposição das instituições de Estado e da Sociedade Civil Organizada, para que juntos sejam os mediadores desse grandioso processo de mudanças no país.


Comissão da Mulher e da Advogada da OAB/MA
Comissão de Acompanhamento das Vítimas de Violência da OAB/MA
Comissão de Direitos Humanos da OAB/MA

NOVO JUIZ NO TRE - MA.

O juiz titular da 3ª Vara Criminal de São Luís, José Gonçalo de Sousa Filho, foi eleito para compor a Corte do Tribunal Regional Eleito...