quinta-feira, 5 de setembro de 2019

FERNANDA E O CAFONA.

“O cafona quer ser autoridade, para poder dar carteiradas. 
Quer vencer, para ver o outro perder. 
Quer ser convidado, para cuspir no prato. 
Quer bajular o poderoso e debochar do necessitado. 
Quer andar armado. Quer tirar vantagem em tudo.
Unidos, os cafonas fazem passeatas de apoio e protestos a favor. Atacam como hienas e se escondem como ratos.
Existe algo mais brega do que um rico roubando? Algo mais chique do que um pobre honesto?
É sobre isso que a pessoa quer falar, apesar de tudo que está acontecendo. Porque só o bom gosto pode salvar este país.”

Fernanda Young foi uma escritora e roteirista. Morreu no último domingo (25/08) e este foi o último texto escrito para a sua coluna no jornal O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui. Sua opinião é importante e ajuda a formar a consciência coletiva.

NOVO JUIZ NO TRE - MA.

O juiz titular da 3ª Vara Criminal de São Luís, José Gonçalo de Sousa Filho, foi eleito para compor a Corte do Tribunal Regional Eleito...