20 junho 2015

"A eleição iguala ricos e pobres”.

Na última quinta feira (11),  o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, participou  da abertura do Congresso Internacional Financiamento Eleitoral e Democracia, promovido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Marcus Vinicius foi o primeiro a fazer uso da palavra e lembrou que a influência do poder político e econômico sobre a vida pública pode desequilibrar a democracia, afastando o poder de decisão popular e supervalorizando o capital. 
O presidente da OAB só esqueceu de dizer que a corrupção eleitoral está trazendo de volta o voto censitário, onde quem ganha mais tem direito a mais voto. Atualmente, os chamados "líderes políticos" vendem seus liderados em troca de empregos ou de uma grande quantia em dinheiro.
Essa é a regra que afasta os homens bons da política, restando apenas os gananciosos e os aproveitadores.

Nenhum comentário:

CONCILIAÇÃO ITINERANTE EM BOM LUGAR.

 O  Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do projeto Conciliação está oeferencendo um serviço itinerante para  a população de Alt...