05 dezembro 2017

REFORMA DA PREVIDÊNCIA.

Deputados não querem se convencer sobre a importância de reformar a Previdência


O título da matéria e as informações foram extraídas da coluna da Mirian Leitão.
Os parlamentares, que nos constrangem diariamente com as notícias sobre os escândalos ou com suas atitudes e palavras, acham que seria IMPOPULAR votar a reforma da Previdência.
A situação do sistema é gravíssima. Mas eles dão pouca atenção aos dados. Estão preocupados com as urnas de 2018.
Essa realidade política coloca em risco o futuro do país, mas o nosso povo não consegue perceber os movimentos articulados dos bastidores políticos e dependem de informação verdadeira e descomprometida. 
Especialistas mostraram um quadro grave. Deficitária, a Previdência ainda privilegia os mais ricos. É um sistema injusto. No ano passado, por exemplo, 31% das mulheres que se retiraram por tempo de contribuição se aposentaram na faixa dos 45 a 49 anos de idade. Fica difícil fechar essa conta. Mas os deputados não querem ser convencidos por argumentos racionais.
A propaganda do governo diz que o projeto terá uma transição suave e que só daqui a 20 anos a idade mínima chegará a 65 anos para os homens e a 62 anos para as mulheres, mas o brasileiro não quer saber disso. Infelizmente todos nós repetimos o que ouvimos, sem sequer pensar nas consequências e nossos representantes, cientes de nossa limitação de avaliação, se fazem de surdos, mudos e loucos.
Os parlamentares querem saber se o projeto dará voto ou não nas eleições de 2018. Se a propaganda do governo colar eles defendem, se não, engrossam o coro da população. 

Nenhum comentário:

CONCILIAÇÃO ITINERANTE EM BOM LUGAR.

 O  Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do projeto Conciliação está oeferencendo um serviço itinerante para  a população de Alt...