28 setembro 2020

O governo tem um projeto de destruição ambiental.

Nabhan Garcia
Secretário de Assuntos Fundiários 

O governo tem um projeto de destruição ambiental. 


O presidente se associou a todo tipo de criminoso ambiental, como os garimpeiros, por exemplo. Ele acredita que a questão é ideológica e que meio ambiente é bandeira da esquerda. A questão das terras indígenas, a sabotagem da regularização, tudo era compromisso que ele tinha com grupos de grileiros e garimpeiros ilegais, desde a época de campanha. 


Agora a gente vê 10 milhões de hectares sendo grilados oficialmente com a inoperância do governo. São terras indígenas e reservas extrativistas. São áreas de proteção sendo ocupadas em todo o País. 



No seu compromisso com a destruição, Bolsonaro nomeou o ex-presidente da UDR Nabhan Garcia, para a Secretaria de Assuntos Fundiários. Esse cara está sempre ao lado do presidente quando ele vai fazer alguma maldade. É o responsável pelo Cadastro Ambiental Rural (CAR) e pelos Planos de Recuperação Ambiental (PRA). Ele vem sabotando a regularização, prevista no Código Florestal aprovado pelos ruralistas. O Nabhan quer acabar com as terras públicas.


O Ministério perdeu o Serviço Florestal Brasileiro (SFB), desmontou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renovárias (Ibama), o ICMBio, desmontou a si próprio e não diz mais a que veio. Perdeu o acordo do Fundo Amazônia e acabou com o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), que é talvez o maior problema que ele arrumou até hoje. Ao acabar com o Conselho, ele desestruturou o sistema. 

Não tem mais o que fechar, nada mais funciona. 

Nenhum comentário:

CONCILIAÇÃO ITINERANTE EM BOM LUGAR.

 O  Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), por meio do projeto Conciliação está oeferencendo um serviço itinerante para  a população de Alt...