terça-feira, 28 de abril de 2020

PREFEITO FECHA O SOCORRÃO E DEIXA BACABALENSES SEM LEITOS.




Enquanto o Brasil o mundo constroem hospitais de campanha a procura de leitos para montar suas UTIs, acreditem, aqui em Bacabal aconteceu ao contrário, a prefeitura fecha o seu único Hospital de Urgência. 

Sim, isso mesmo, o Hospital Socorrão fechou para reforma, mas o pior:

  • sem indicar o tempo da obra, 
  • a construtora, 
  • o valor e a origem do recurso.
Se não bastasse, ainda alugaram um prédio (antigo Veloso Costa) que foi fechado no passado pela vigilância sanitária do Estado, por está, na época, inadequado para o uso, com suspeita de alto risco de infecção hospitalar.

Você pode protestar como bom cidadão ou continuar aplaudindo todo o desmantelo da administração municipal.

A DECISÃO É SEMPRE SUA.

2 comentários:

  1. Eita pagina bosta, postando oq não sabe ... Vamos apurar os fatos antes de postar uma bosta dessa. O SOCORRAO TÁ FUNCIONANDO NO VELOSO COSTA.

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso que fiquei surpreso com o início dessa reforma no socorrão em época de pandemia, pois na minha opinião ela é completamente desnecessária, pelo menos para as necessidades do povo, excluídas as necessidades dos agentes.
    A falta de dinheiro que sempre foi motivo de desculpa dos políticos pra não fazer nada, agora está sobrando na pasta da saúde porque uma obra dessa não é barata, e o que dizer do aluguel de um hospital inteiro.

    Pelo texto do articulista falta transparência do gestor público na execução da obra, mas qualquer pessoa pode ir no local e constatar a veracidade da assertiva. A pergunta que vem: porque os responsáveis pela obra não fazem a coisa certa?
    A resposta eu vou deixar em aberto. Quem souber me responda, por favor!

    ResponderExcluir

Comente aqui. Sua opinião é importante e ajuda a formar a consciência coletiva.

O Brasil elegeu um presidente e recebeu um eterno candidato.

O que o presidente deveria estar fazendo: -Coordenando o combate à pandemia -Defendendo a Lava Jato -Trabalhando nas reformas estruturais e ...