02 setembro 2022

O MINISTRO ABUSOU DO PODER.



Os mandados de busca e apreensão autorizados pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), contra oito empresários acusados de defender via WhatsApp um golpe de Estado no Brasil são sim abuso de poder.


Ele tanto fez que passou do ponto.

O ministro tomou a decisão com base em uma notícia-crime apresentada na quinta-feira (18) por entidades jurídicas solicitando que os empresários sejam incluídos no inquérito das milícias digitais.
(que já é uma excrescência).

A notícia-crime exige quebra de sigilo telefônico e telemático dos empresários e pede que se investigue a participação deles na preparação dos atos pró-Bolsonaro previstos para o próximo dia 7 de setembro.

Depois de muita pressão da mídia e da classe jurídica, o Ministro tentou enganar a todos falando em uma possível preparação de golpe. Tudo mentira. Nada de provas.

A vaidade e o excesso de poder levaram o Ministro Alexandre de Moraes a condição de criminoso. Comete abuso de autoridade contra a liberdade de expressão.

Não queremos xerifes, nem mitos, nem salvadores da pátria. Só precisamos de servidores que se mantenham no limite da lei e respeitam o estado democrático de direito.

Nenhum comentário:

A atriz Thais Fersoza explora seu lado apresentadora e reflete sobre maturidade: 'os 40 anos estão chegando'

Thais Fersoza é atriz e apresentadora e aos 38 anos consegue conciliar a rotina em família com os filhos, Melinda (6) e Teodoro (5), e o m...