08 novembro 2018

O governo Bolsonaro começou mais cedo.


A nomeação do deputado federal Onyx  Lorenzoni (DEM-RS) para exercer o cargo de ministro de Estado extraordinário foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira. 
Ele atuará na coordenação da equipe de transição do presidente  eleito, Jair Bolsonaro (PSL). Lorenzoni já foi escolhido por Bolsonaro para ocupar a chefia da Casa Civil do novo governo. 
Porém, ele se licenciará da Câmara dos Deputados desde já para poder coordenar os trabalhos da transição. O suplente da coligação, Washington Stecanela Cerqueira, do PDT do Rio Grande do Sul, assumirá o mandato.
Não dá para aplaudir mais gastos em um país falido como o nosso. Mesmo licenciado da Câmara, Lorenzoni poderá manter o salário de deputado, que é de R$ 33.763, maior do que o de ministro (R$ 30.934) e o dos demais cargos da transição, que pode variar de R$ 2,5 mil a R$ 16,5 mil.
Bolsonaro precisa tomar uma posição em favor do país como prometeu em campanha. Não pode começar autorizado um aumento de despesa para a nação.

Nenhum comentário:

MAIS SOBRE ARMAS E CACs.

 Li nas redes sociais e resolvi reproduzir. São boas perguntas e merecem uma reflexão. Eu não consigo entender tanta gente "colecionand...